Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009
A IMPORTÂNCIA DA NOTÍCIA . I

FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

             GOMERA . Ilha Colombina

 

ILHA DE GOMERA

 

Querendo ou não, não podemos ficar indiferentes ou alhearmo-nos da noticia do que nos cerca e, relegarmo-nos  para um lugar do nada, sitio de extrema apatia aonde nada floresce.

Em Gomera, estive no meio dum bosque de laurissilvas, parque património mundial e, no cume da montanha no meio de intenso nevoeiro lembrei-me das estórias de meter medo que meu pai contava aos serões; estórias de lobisomens, bruxas com quem disse ter namorado e  ter feito cavalgadas entre pinheiros que se curvavam ao vento dos espíritos.

Nesse então ainda não conhecia a kianda de Cabo Ledo do outro lado da kalunga de nome Januário Pieter.

O livre exercício da escrita é um gozo que todos nós podemos exercitar e, por via desse gosto de empilhar palavras, amassamos estas entre verbos e adjectivos sublimados em gente que respira no dia a dia incertezas, preocupações e outros tormentos.

Entre inebriante inquietude de permeio com algumas alegrias, a nova coisa da escrita torna-se de um investimento gratuito em um bem colectivo. Casuisticamente as coisas sucedem em translado de bicuatas e, descobre-se no meio do mundo ou do nada  num lugar distante, cumplicidades.

 

Quase sem querer, querendo, tornei-me súbdito dum alograma em forma de gente e a quem recorro para falar a homens que se comunicam por assobios circunscritos numa ilha empinada de morros e ravinas. Isto é Gomera!

A comunicação via espírito num lugar daqueles tão arredio a inovações, à mais de quinhentos anos atrás, deu-me o mote  das descobertas e os amores de Colombo.

Acostumei os meus leitores a escritos torcidos de invulgaridade e nem sempre respeitando a semântica natural da palavra; a rebeldia no jeito de dizer as coisas  desconhecem imperativos e, como me encontrei naquele sitio de aguçada curiosidade, uma gruta de lava em terras Canárias, na Ilha dos ventos alíseos, pedras roçadas por cordas das naus de Cristóvão, o Colombo, vou ter de me apoiar nesses costumes de antanho, aonde os homens se comunicavam por roncos, grunhidos ou silvos.

 

Em Gomera, uma das sete  bonitas ilhas que compõem o arquipélago das  Canárias tentei  entender o que se passou quando da sua descoberta até aos dias de hoje.

O mundo em geral pouco sabe acerca do povo Guanche, mas  foram estes os aborígenes que os Espanhóis encontraram quando acharam esta ilha a cerca de 80 quilómetros da costa Marroquina.

Em 1402 Juan de Bettencourt achou a ilha de Lançarote, e passaram quase cem anos até se descobrir as restantes ilhas; constatou-se daí que, entre elas não se fazia navegação por simples desconhecimento dessa mesma gente.

Não obstante os Guanches terem rasgos iguais de fisionomia e costumes similares nas várias ilhas, tinham no entanto diferença no modo de falar; havia palavras idênticas mas, desconheciam-se entre si, o que leva a supor muitos séculos de separação entre eles.

( continua... charruas de corno de cabra - notícia II )

O Soba T´Chingange

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 22:08
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS
|

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
AS NOSSAS FOTOS
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
CONTADOR
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds