Sábado, 27 de Março de 2010
OLHAR AS PEDRAS.VI

FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

MANIKONGO

T’chingange no reino de N´zinga-a-N´kuwu

 

Nau de 1485 (As kiandas N´dele)


Cipaio Kafundanga, deu uma gargalhada interrompida por um gargarejar rouco; linguarejou algo enquanto apontava o mais além das águas ao Kafa que, meio distraído olhava o dedão sacudido pelo sisal do loando.

- Olha só, tás a ver um pássaro n´dele lá no longe!

Era fim de dia e um cacimbo pegajoso e semi-espesso descia às águas na caída do implacável sol tropical mas, lá longe, no horizonte, divisava-se uma grande gaivota com asas brancas saindo fora de água.

Ambos se levantaram e tapando com as mãos o brilho de reflexo da kalunga no sobrolho, colocaram-nas a modos de ver melhor aquela grande gaivota que lentamente se deslocava para a embocadura da baia de Loanda colada, xacatando à água.

- Que gaivota grande é aquela?

Era demasiado grande e alta para ser canoa. De mãos abertas, Kafa T´chingange gesticulando chamou seu pai que estava na saliência coberta do n´jango e que, entretanto balbuciando surpresa em muxoxos intercalados de cuspidelas se aproximou.


N´dele n´dele, aiiuê mam´etu é!, gritou em alvoroço uma mulher que correu a recolher dois filhos seus, brincando na esquindiva entre coqueiros.

Uma outra coisa branca surgiu lá mais atrás e depois outra e mais outra. Passado duas horas já mesmo, quase noite já eram seis grandes canoas. Podia vêr-se em cada pano de vela uma cruz vermelha.

- Kafundanga, vai correr na cubata do kimbanda Kapossoca lá no matope e chama ele vir no mais rápidamente, disse com voz pigarrada o kota Kafa Futila.

O cipaio correu com todos os pés vuzumunando medos incontidos. Entretanto as seis naus permaneciam ao largo da baia do Bungo lançarando ancoras ao mar com muitas braças gritadas com pauladas no bombordo audiveis da costa.

Podia-se ver já luzes acesas ao redor das naus com a proa virado para mar aberto. Tudo indicava que iam ficar por ali quando, de um dos lados de uma das naus saiu uma bola de fogo, uma nuvem de fumo e um trovão de meter medo. Era a saudação habitual na chegada a um qualquer lugar para avisar possiveis indigenas e intimidar qualquer iniciativa bélica.

Envolto em uma pele de leopardo, correndo aos tropeções de velho mangunheiro, kota kapossoca preguiçoso de meter medo aos candengues, ufanava surpresa quando chegou junto do seu chefe kafa Futila; trapalhado com suas missangas venenosas formigava interjeições medrosas agitando um chinguiço com queixada de caveira cebeirosa no topo. Seu poder de prever acontecidos estava comprometido nesta desavizada visita vinda da kalunga. E, eram seis kiandas de poder além n´zumbi, eram um verdadeiro kazumbi botando fogo pelas ventas.


Imponente, Futila com sua kiginga pediu explicações ao seu feitiçeiro gordo; explica só!: - Que kilamba é essa de kilombelombe que cospe fogo? Que kilunza é essa? N´dongos estranhos mesmo!

Xinguilado, o kimbanda tentou explicar o inexplicável e disse ser mesmo culpa dos m´fumos do muije de  Kifangondo que estavam trapalhando e desobedecer ordens memória do rei defuntado mais velho N´timu Wene da Matamba e N`dongo da Ambaca e do Pungo. Por isso os kazumbis estão xingando e estamos xinguilados, mesmo! Eles vutucaram nossa ilha da Mazenga. Dizendo isto gesticulou o ar, zunindo a moca queixada nuns quantos circulos e picando por três vezes o inisivel nada na direção das grandes canoas iluminadas de luz e feitiço.

Esta explicação espatafurdica vinha ao encontro das raivas de Kafutila pois os kasucutas de kifangondo eram mesmo uns filhos dos matumbolas mazombos no completamente, que lhe faziam negaças perante o rei; filhos duma peste, calombolocas com rabo de surucucu.

( Continua.. Na lha Mazenga )

O Soba T´Chingange




PUBLICADO POR kimbolagoa às 00:06
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds