Sexta-feira, 4 de Junho de 2010
BRASIL EM 3 PENADAS .I

FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

“ Terra  de  papagaios”

ABANDEIRA DO BRASIL

A bandeira mais original do mundo: Ordem para o povo, Progresso para os de arriba.

Johanesburgo, 4 de Junho - a 7 dias do início da copa

O brasileiro devorador de telenovelas, futebol e Carnaval têm preguiça de lêr e, quando lê chuta em diagonal a fingir de intelectual. Brasileiro é o batuque da sexta, o papo com os amigos no sábado à tarde e futebol em todo o santo domingo;  faz uma gracinha no calçadão com as morenas no início do dia às terças e quintas. O cara tem tempo pr´a tudo e ainda sobra para uma peladinha no areal da praia da Jatiúca. É fogo!

Não há povo mais folgado do que o brasileiro; gozar a vida é com ele e pimenta no mataco dos outros é referesco. Por tudo isso, eu adoro o Brasil. No Brasil todos os dias faço anos e, por isso estou aqui no meu dia, festejando a vontade do querer.

Em dia de futebol no mundial, o Brasil, simplesmente, pára!

São Paulo, aquela agonia, o aperto, o frio nas manhãs de Julho e o suor de Janeiro que atravessa a rua e continua pelo ónibus e casa fora, varando a madrugada; o lixo que se amonta nos arroios cobertos de ranchitos da favela aqui e além, e o céu destapado de Abril início de Maio, a culminar no radioso Novembro.

Eu gosto de parecer brasileiro, usar chapéu de rei do gado, dar nó em pingo de água, virando-me pr´a viver com bom humor, alegria e afectividade. Ali a pobreza não é obscena e o capitalismo não conseguiu em plenitude subverter a antiga ordem das coisas  “uma terra meio livre meio escrava”.

 

Falar do Brasil sem tocar nos índios é falar da chuva sem água; do meu conhecimento aqui rcordo-os a todos de forma aleatória: - Xavantes, Caiapós, Bororos e Goiás do Centro Oeste; Tupinambás e Pataxós do Litoral da Bahia; Guaranis, Tupis, Caetés, Aimoras e Botocudos do Nordeste; Carijós e Charruas do Sul; Tupiniquins e Guaianás do Sudeste; Timbiras, Mundurucus e Manaus do Norte; Guanás e Guaicurus do Pantanal; e ainda os Yanomanis, Macro-jés, Arvaques Caribes, Potiguáras, Jábutis e Tupiniquins.

É interessante mostrar os índios no contacto com o homem branco com seu “fardo de cristianizar”, gentes que vestem muitas cascas como a cebola, às vezes vestidos de ferro e, com uma cruz no peito.

Os índios que viviam e ainda vivem em malocas comunitárias mantendo o fogo aceso para se aquecerem e cozinhar suas maçarocas de milho e macacheira, descrevem assim o branco: -“ brancos leitosos, de rostos cheios de pêlos, não bons e não bem cheirosos, panos grossos sujos com buracos por onde enfiam braços, pernas e pescoço escondendo as vergonhas; beiço sem furo de osso, cabelo escorrido e sem tosquia…”

 

 A chegada do Caminha

Neste traçar de cortesias o índio foi descrito por Pero Vaz de Caminha da seguinte forma: - “…eram pardos, maneira de avermelhados, de bons rostos e bons narizes, bem feitos, andam nus, sem cousa alguma que lhes cubra suas vergonhas, cabelos escorridos, andavam tosquiados de boa grandura e rapados até por cima das orelhas, usavam pinturas que a água nem desfazia… Eles não lavram nem criam, ali não há boi nem vaca, nem cabra, nem ovelha, nem galinha, nem qualquer outra alimária que costumada seja ao viver dos homens. Nem comem outra cousa senão desse inhame que aqui há muito e das sementes e frutos, que a terra e as árvores de si lançam… As águas são muito infíndas e, em tal maneira que, querendoa-a aproveitar, dár-se-á tudo nela…” Acerca delas, as mulheres : - “… e uma daquelas raparigas era toda tingida, de baixo acima daquela tintura e certo era tão bem feita e tão redonda, e sua vergonha tão graciosa, que a muitas mulheres da nossa terra, vendo-lhe tais feições de formosura, tivera vergonha por assim não o serem. Não terem a sua como a dela…” 

(Continua…)

O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 06:50
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds