Terça-feira, 31 de Agosto de 2010
N´GUZU . I

   FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

            “Gente de bitacaia”  

Em meus pensamentos acocorados na memória vesti a minha dignidade de sofer porradas nos tempos de candengue; amarguras entrelaçadas com saudade dos meus mais velhos que terminaram sua batalha de vida, essa quietude de sono feito morte; já lá vai algum tempo.

Tenho aí uma foto sarapintada a preto e branco, amarelecida do tempo e das caganitas de moscas mostrando um homem vestido de terno com colete, camisa branca, olhos vivaços com nariz e perfil de beirão e um impressionante bigode retorcido em curva ascendente.

O tempo legou-me a foto de meu avô que só conheci de falas, de quando embarcou para o Brasil para fazer fortuna mas que na volta só trouxe tuberculose; como diziam então minha avó Topeta e restante família “veio tísico” e teso como um carapau (referiam-se a dinheiro).

Nas chicotadas de um destino injusto, meu avô gozou enquanto pode; por lá se amilongou com uma mulata da qual teve duas filhas e, se forem vivas terão para aí uns 75 a 80 anos. Até aqui calei, não deixei falar meu coração emboscando palavras fervidas em minha garganta.

 Candengues do Cassequele

Meu pai, trabalhador de pedra lascada, aparada e polida agarrou-se a antigas linhagens de fio de prumo e, seguindo as pisadas de tantos outros entrou num vapor de nome Mouzinho e embarcou para Angola. No Lucala quando da construção da ponte para o caminho de ferro de Luanda um dia internou-se no mato e teve a dada altura de subir para uma acácia perseguido por uma pacassa ferida a que e, se bem me lembro, ele deu o nome de solitário. Tinha consigo uma catana que de nada valia para se defender daquele búfalo e por lá permaneceu umas horas. Muitos anos depois voltou de lá com uma bala no joelho, carregado de porradas pintadas em nódoas negras. Os mwangolés do Nito Alves armados até ao tutano, gente de bitacaia, ensaiaram com ele uma guerra de cassequele e, botaram-no atráz do aeroporto de Belas que nesse tempo se chamava de Craveiro Lopes. O senhor Manel, meu pai, acabou por ficar nas Beiras e lá morreu naturalmente entre os pinheiros e capinzais de silvas no lugar de Barbeita.

 

FLOR DE MARACUJÁ . HORTA DO SOBA 

Nestes tempos do Puto recordo conversas entre ele e com um amigo fubeiro, seboso de ranços e suor de caligrafia analfabeta, óleo de palma da venda do mato, sardinha e peixe podre, tudo escrito numa caderneta de linhas quadradas; falava à preto no livro da vida dele.

Levavam horas basculhando dixitas da “sua” Angola, “sua” Luanda com gente ajudando gatos e cães na sobrevivência urbana. Falar p´ra quê e, não dianta procurarmos mwangolés, generalistas, capitãnistas; não dianta procurar o que o destino já escolheu para lhes dar. Esses oficiais mais que tenentistas, muitos mesmo, nunca que foram na frente de combate, muitos numerosos confirmam não confirmar.

Muitos mwangolés agarraram-se às suas antigas e gloriosas famílias dos reinos colonos, mafulos e mazombos feitos fidalgos; gente de escassa memória p´ra tanta dignidade e previlégio. Muitos que vão exigir de ser chamados de excelência e excelêntissimos com camaradas na segurança de suas riquezas, carros esfumados, importados e descapotados.

As lições da vida têm de ser sempre passadas a limpo, só nossa morte é quem pode ficar em rascunho.

 

Glossário: N´guzo: - força, destreza (quimbundo); candengue: - rapaz, jovem; amilongou: - amigou, emancebou (união de facto); pacassa: - búfalo,; mwangolé: senhor de angola, que se diz angolano, ter pinta ou banga de cazucuta, desenrrascado com vidas paralelas; cassequele: – um bairro de revolução, bairro da Zita comuna; dixitas: - lixeiras, sugeira das barrocas; bitacaia: - bicho de pé, matacanha.

(continua…)

O Soba T´Chingange

 

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 22:07
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds