Terça-feira, 16 de Novembro de 2010
MUJIMBO . III


AS ESCOLHAS DO EMBAIXADOR DO CACUACU

“Vidas  periféricas”


Quinta, 28 Outubro 2010

Lisboa – Os jornais na Bulgária já escreveram sobre o assunto e toda gente naquele país a  conhecem como "a filha  do falecido Presidente Agostinho Neto" com uma cidadã búlgara.  Em Angola, a informação é do domínio de um núcleo restrito do regime que sempre tomou  cuidados para que o assunto nunca  viesse a publico. Há inclusive uma  informação  alegando que a  primeira vez que um jornalista angolano tentou escrever sobre isso,  foi em 1993, mas sem sucesso porque  três dias depois de ter sido municiado com a  informação acabou misteriosamente morto.

Fonte: Club-k.net

Reconhecimento dificultado por  Eugénia Neto

O Presidente e a filha Mihaela Marinova

A mãe de Mihaela terá se envolvido com Agostinho Neto no decorrer  de uma viagem que o falecido  líder guerrilheiro do MPLA efectuou  a Bulgária entre os dias 13 a 19 de julho de 1973. Neto hospedou-se  no Hotel Rila na cidade de Sofia e ambos  terão-se amigado  durante uma semana. Meses depois, isto é em Fevereiro de 1974, nasceu a filha Mihaela Radkova Marinova.

Devido à pressão do sistema naquele país, que discriminava o  cruzamento de brancas com negros, a mãe de Mihaela  optou por entregar a filha,  a um orfanato tendo assinado um documento que permitisse a adopção da mesma ainda bébé. Logo após a independência de Angola, a senhora veio a saber que o político com quem se amigou no Hotel Rila se tornou presidente de Angola. Numa visita de Agostinho Neto à Bulgária, já nas vestes de Presidente a senhora contactou o então chefe de estado angolano  pondo-o  ao ocorrente: que tinham uma filha em comum. Em vida, Agostinho Neto,  costumava enviar dinheiro à Bulgária para apoiar a filha.

Há  informação fazendo defesa de que Agostinho  Neto teria  dado sinais de pretensão de receber a filha búlgara. A esta altura a  amante búlgara desconhecia o  paradeiro da filha, uma vez que a havia entregue para adopção. A senhora tentou procurar em orfanatos mas sem sucesso visto que na altura havia cerca de 100 internatos na Bulgária.

Mihaela foi re-encontrada pela mãe com ajuda das autoridades policiais, quando  já tinha 15 anos de idade. Esta informou a filha que o seu progenitor havia morrido e que se chamava Antonio Agostinho Neto. A mãe aconselhou-a a procurar os  familiares de seu pai solicitando por outro lado que  não a envolvesse no assunto visto que estava  casada, e não queria  problemas no seu lar (Os  filhos e esposo desconhecem que tem uma filha com um negro). São conhecidas revelações de uma irmã da mãe de Mihaela alegando que com o dinheiro que Neto lhe mandava, chegou a comprar uma casa.


Após a insistente  circulação de informação do assunto na Bulgária, o Presidente angolano José Eduardo dos Santos, enviou em 1995 uma delegação a Bulgária  chefiada por um emissário de nome Felisberto Monimambo, então embaixador na ex-Jugoslávia  a fim de manter contacto com a suposta filha de Agostinho Neto. Estes conseguiram o contacto de Mihaela e convidaram-na para um encontro. No seguimento do desenrolar do  contacto, o  embaixador Monimambo viajou entusiasmado a  Luanda para dizer aos familiares de Agostinho  Neto que a filha do “líder imortal” estava viva.  Monimanbo  terá abortado o dossiê logo após ter dado conta que o assunto  tivera deixado a família Neto em dois campos opostos. As autoridades angolanas terão sentido que o embaixador se deixara comover com a versão de Mihaela e num sinal entendido como destinado a anular futuros contactos exoneraram-no do cargo de embaixador na Servia e de seguida  transferiram-no para outro país.

 

Em 1998,  Mihaela Marinova foi viver em Harare após ter casado com um cidadão  Zimbabueno com quem tem uma filha de 18 anos.  Neste país, manteve contacto com uma funcionaria da embaixada angolana em Harare, Luisa Chongololo tendo esta um irmão casado com uma das irmãs de Agostinho Neto. Luisa Chongololo contactou Ruth Neto, a irmã do malogrado presidente e por sua vez, esta  deslocou-se, ao Zimbabwé para ver a sobrinha; isto no ano de 1999.  Uma versão conhecedora do assunto, alega que Ruth Neto esteve prestes a ter  um ataque ao ver Mihaela. Terá identificado nela traços paralelos à família Neto. (Todos que  vêem Mihaela  dizem ser parecida com Leda, a filha mais nova de Agostinho Neto).  Ruth Neto terá movido influencias para tratar do assunto de reconhecimento tendo no entanto ficado pelo caminho devido a alegada oposição enfrentada no circulo familiar.

 

O teste do DNA

Entretanto,  José Eduardo dos Santos, manifestando-se sensível ao caso, tornou a  enviar um novo  emissário a Harare,  Francisco Romão para obter mais  pormenores. O enviado falou com  Mihaela sob a possibilidade de se fazer um teste de DNA de comprovação de  paternidade e esta aceitou. Foi lhe retirado o sangue em Harare e enviado para os laboratórios “Du Boisson and partner”, em  Pretória - África do Sul. Foram comparados com o sangue dos irmãos Irene Neto, Mario Jorge Neto e da viúva Maria Eugenia Neto.

O relatório dos resultados  assinado a 9 de Novembro de 1999 pelo medico A.S Greef, e que o Club-K teve acesso, concluiu que Mihaela não é filha de Maria Eugenia Neto acrescentando que não há dados para chegar a conclusão que  Mihaela, Irene e Mario  Jorge Neto partilham o mesmo pai. (Não há sangue de Agostinho Neto).  De acordo com uma apreciação  competente, o teste de DNA não deveria ser feito com Eugenia Neto, pois a mesma  não é,  mãe de Mihaela. Para se apurar, a paternidade tendo em conta que Neto já está morto, poderia ser feito com fio do cabelo do falecido (Como aconteceu com o caso do fundador da DHL).  Em círculos restritos do regime, paira  suspeitas segundo a qual  terão enviado ao Presidente  José Eduardo dos Santos, a copia de um relatório falso, razão pela qual, o PR se terá  deixado convencer de que Mihaela nada tem haver com o  seu antecessor.

 

O dossiê “Mihaela” deixou a família Neto dividida. Há os que estão convencidos que a mesma é filha de Neto. Uma das figuras identificadas como opositora do assunto é a  viúva Maria Eugenia Neto. Diz-se que teria inclusive contactado a Embaixada da Bulgária no Zimbábue para que estes informassem  Mihaela a que deixasse em paz a sua família. A filha Leda Neto, identificada como tendo “bom coração” é a figura da família que tem postura diferente quanto à irmã (Diz-se que ambas tem  mantido contacto).

 

Mihaela Marinova

Mihaela Marinova presentemente em Londres, onde vive à 7 anos, fazendo trabalhos para a  área de hotelaria é descrita como persistente a semelhança do pai e da irmã Irene Neto.  Em Novembro de  2004 esteve em Luanda, tendo-se encontrado com Mendes de Carvalho que também se terá sentido comovido com a  historia. Esteve com o “tio” Roberto de Almeida que a recebeu no seu antigo gabinete  da Assembléia Nacional e falou com a sua irmã   Irene Neto.  A  Leda Neto  não a pode ver porque na  altura se encontrava hospitalizada.

Um jornal Zimbabweno que chegou a escrever sobre o caso alguns anos atrás, concluiu que uma das razões que leva o governo angolano a  não reconhecer Mihaela,  é devido a receios que possam  afectar a imagem do Presidente Neto que era visto como um homem que não se metia em deslizes.

 

O Embaixador do Cacuacu

Com o conhecimento do

Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 17:03
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds