Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010
MUJIMBO . II

FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

        “O Muzongué  do Catambor ”

Catambor . sobranceiro à Maianga

Aquele muzongué-1 estava bom por demais; o caombo-2 trazido de Cabinda pelo meu chará  Tony, dava um requinte de esplendor olfatoso àquela iguaria de escravos do Bengo-3.

Záfa fazia escorrer o sumo de um limão em cima da cabeça de pungo-4 desolhado. Aquelas essências dos condimentos resplandeciam-se do caldo em vapores afrodisíacos de dendém-5, gulosos mesmo.

Zeca Filho-da-mãe, babava-se entrecortadamente entre linguajares de muxoxo-6 com ininteligíveis vocábulos, misto de gíria do Lifune-7 e banga fecula-8 de Luanda; inventações enroladas em falrripos de pedaços de mandioca, farinha de bombó, abrobinha e quiabos do Kifangondo-9.  Cafufutilava-10 tudo quando com sua grande bocarra ria, comia e falava no simultâneamente.  Zeca Filho-da-mãe era um verdadeiro catastrófico. As verduras, foi ele mesmo que trouxe da sua lavra-11 da barra do Dande; para variar naquele dia fez questão de preterir o cacusso-12 em troca com um pungo do mar salgado do Cacuaco com uns bagres da sua salga.

 

Mapa . lugar do mujimbo

Dona Zéfinha era por demais especialista na feitura do muzongué e, ele queria mesmo aproveitar enfrascar-se nas cucas-13 que Mingas comprou no especialmente daquele entretanto de amigos kambas-14. Ele cazucutava-15 uns caputos-mwádie-16 que na troca de facilidades recebia as frescas de gazosa-17 mesmo.

A kizomba-18 naquele dia de festa era para festejar um agradecimento à nossa Senhora da Muxima por ter salvo Mingas Lenine Xambeta-19 duma mina que desconseguiu matar o kamba lá nas terras dos confins do mundo do Kuito-20; Nem nunca ficou a saber se aquele artifício que lhe ceifou a perna era dos camaradas se dos kwachas-21.

Numa expressão de dádiva sem protesto Mingas, enquanto agradecia com a esquerda, antecipava sua mão por dentro da blusa de Lurdinhas  na busca eufórica do seio arrebitado; tudo isto feito na cumplicidade da mulembeira que lhe encobria a perspectiva no resguardo das vistas dos demais.

  Ruca , a desanovinha

Ruca, a filha desanovinha de Zéfinha, mostrava seu encanto gingando-se enquanto equilibrava uma bandeja de emitação de prata, com napron e canecas de vidro gelado saídos da arca frigorífica, cerveja a estalar e uns pratinhos de jinguba-22, paracuca-23, kiqwéra-24 e gambas vermelhas.

Nos mambos-25 daquele quintal do Catambor-26 recordava-se sempre os dias de fome, de quando a guerra fazia a gente comer só mabanga-27 da Samba com arroz kigala do Puto-28.

As coisas mudaram mesmo, mas catravéz agora, Luanda tem ainda mais cazucuteiros-29; cheios de mujimbos-30 que mostram sua banga nas garinas catorzinhas e desanovinhas-31 dos outros com seus popós de todoterreno.

 

Glossário: 1 - caldeirada de peixe com óleo de palma; 2 - piripiri pequeno e muito picante; 3 –rio situado a Norte de Luanda; 4 – peixe pargo; 5 – óleo de palma; 6 – som feito com a língua, trejeito de fala desqualificada; 7 – Lagoa perto de Kifangondo; 8 – muito estilo, coisas de calcinhas de Luanda, mwangolé estiloso; 9 – Povoação a Norte de Luanda; 10 – deitava salpicos; 11 – horta; 12 – peixe dos rios Bengo, Dande e várias lagoas; 13 – cervejas; 14 – companheiros, camaradas; 15 – aldrabava, enrolava;  16 – brancos  broncos do puto; 17 – gorgeta, agrado monetário; 18 – festa na generalidade, convívio de amigos; 19 – perneta, sem perna, aleijado, que arrasta a perna; 20 – cidade mártir de Angola da guerra civil, antiga Silva Porto; 21 – guerrilheiros ou amigos da Unita; 22 – amendoim; 23 – doce duro feito com jinguba e açúcar; 24 – doce com castanha de caju; 25 – acontecimentos, novidades, encontros; 26 – bairro sobranceiro à Maianga em Luanda; 27 – bivalve, do tipo da amêijoa; 28 – uma marca de arroz; 29 – aldrabões; 30 – boatos diz que diz; 31 – meninas vistosas e oferecidas.

 

O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 14:16
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds