Quinta-feira, 15 de Abril de 2021
MOKANDA DO SOBA . CLXI

HÁ 47 ANOS TEVE INÍCIO UMA LIMPEZA ÉTNICA - 15.04.2021

Crónica 3139O HOLOCAUSTO PORTUGUÊS ACONTECEU!1ª de 3 partes

GUERRA37.jpg

Por soba24.jpgT'Chingange - no M'Puto

Muitos “retornados” têm dificuldade em relembrar o que se passou há 47 anos atrás e, por isso preferem o silêncio à acção, e não desejam reviver os traumas pelos quais passaram. O facto é de que havia mais do que matéria suficiente para dar origem a julgamento no Tribunal Penal Internacional, só que o tempo, simplesmente, esmoreceu, mas o certo, é de que chega um momento da história em que temos de confirmar que 2, mais 2, sempre serão 4.

Pois aconteceu aquilo que acabaria por se transformar numa limpeza étnica de proporções avassaladoras e, verdadeiramente humilhantes para Portugal e os portugueses. O 25 de Abril de 1974, planeados nos bastidores por mãos estrangeiras e patrícios traidores do M´Puto, ditos “nacionalistas” sobre o qual ainda há muitos segredos por desvendar, teve início um programa de limpeza étnica que a esquerda internacional preparou em segredo e conluio com uns quantos “pseudo revolucionários” na chamada Metrópole.

guerra14.jpg Durante anos assim forjaram o objectivo principal que era varrer todos os portugueses brancos das ditas Províncias Ultramarinas. O plano da esquerda foi simples, do mais cruel e sanguinário que se pode conceber, fruto de actos maquiavélicos engendrados a partir do KGB durante décadas. Neste plano, a esquerda necessitava apenas de uma faísca que pegasse fogo a todo o aparato de segurança do Império Português e, de forma a se colapsar rapidamente sobre si próprio a favor da União Soviética que passaria a ser a nova dona da África Portuguesa.

A história determinou que que essa “faísca” viesse a ser o 25 de Abril d 1974. Consumado o golpe, elementos afectos ao Partido Comunista Português (PCP) e outras organizações de esquerda iniciaram o processo de desmoralização das Forças Amadas com slogans “nem mais um soldado para as colónias”. Era urgente fazer cair os territórios ultramarinos na órbita soviética antes que os Estados Unidos e o Ocidente reagissem.

GUERRA27.jpg Os brancos obviamente eram um obstáculo a estes planos pelo que sua solução foi bem simples: eliminá-los. A população branca abandonada pela soldadesca vermelha, muito rapidamente foi envolvida em pânico recorrendo por desespero ao pedido de socorro a África do Sul e à Rodésia (actual Zimbabwé) de Ian Smith. De pouco serviram os pedidos de socorro mas, foi exemplar a forma como estes dois países receberam os portugueses em fuga que lhes iam chegando às fronteiras, em muitos casos apenas com a roupa que levavam no corpo.

Muitos houve que a má sorte os conduziu à morte nesta fuga, não conseguindo alcançar a liberdade da vida. Uns foram queimados vivos, outros espancados até à morte e outros que foram baleados em execuções sumárias; homens, mulheres e crianças, compatriotas assassinados por via das instruções da União soviética e, com o total apoio da esquerda portuguesa. Ninguém sabe ao certo quantos portugueses brancos e não só, foram massacrados nos anos que se seguiram ao 25 de Abril; uns falam em milhares, outros em dezenas de milhares.

GUERRA32.jpg Apenas sabemos que foram muitos. Quanto a negros e “mulatos” que lutaram ao nosso lado, ou que permaneceram junto a nós, a situação ainda foi pior! A esmagadora maioria não conseguiu fugir tendo ficado sujeita às mais terríveis represálias por parte dos “movimentos de libertação” que não gozavam de qualquer legitimidade popular. Num ápice os “mercenários da esquerda”, magalas nossos compatriotas capitaneados por generais de aviário, intitulados “revolucionárias” foram paulatinamente entregando de mão beijada, armas, munições, canhões, paióis e logística ao Movimento Popular de Angola – armas que serviriam para nos subjugar ao desespero com medo; tudo à revelia dos acordos estabelecidos no Alvor da Penina. A limpeza étnica na África portuguesa culminou com a fuga de cerca de um milhão de brancos.

Pessoas inocentes e cujo único crime que cometeram foi o de serem brancos. Destas coisas já não fala a esquerda portuguesa que tanto gosta de acusar aos outros como sendo de direita “racistas” mencionando “causas fracturantes”, factos e atitudes nos comportamentos e, pondo em causa valores enviesados perante a opinião pública com as alterações que acham serem substanciais aos seu códigos. Sim! Foi a limpeza étnica dos nossos compatriotas brancos em África que a esquerda portuguesa promoveu; isto sim é que foi “fracturante”!

GUERRA35.jpg Neste processo criminoso foi a esquerda e não a direita, aqueles que tomaram o poder a 25 de Abril de 1974 que teve “a faca e o queijo na mão” durante o infame e criminoso processo de “descolonização”; a limpeza étnica dos brancos em Angola, Moçambique e na Guiné-Bissau. Isto aconteceu porque assim o queriam que o fosse. Os planos foram urdidos e traçados nesse sentido propositadamente. Não se tratou de nenhum acontecimento “inevitável” ou que “ não poderia ser evitado” como toda esquerda afirma para se desculpar.

GUERRA28.jpg Posso recordar hoje que numa pequena mala de mão com os meus documentos pessoais, alguns escudos-angolares - dinheiro de tugi, mais a guia passada pela comissão organizadora de repatriamento, umas quantas calças e camisas mais a família dita nuclear: Mãe, pai e dois filhos na flor da idade. Eramos quatro! Tudo o mais ficou lá nos caixotes que nunca chegaram. Deram-me 5.000$00 mesmo sem quererem receber o dinheiro macaco, angolares que para nada serviriam; nem para limpar o fiofó!

(Continua…)

O Soba T´Chingange                        

  



PUBLICADO POR kimbolagoa às 23:17
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
blogs SAPO
subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub