Quarta-feira, 16 de Julho de 2008
CONHECER O BRASIL . V (2ª PARTE)

 

 

D. JOÃO VI - Visto de tardóz

 

               2ª Parte

 

A intenção de se mudar costumes, tinha na presença de muitos escravos na rua um grande obstáculo; mal vestidos, costumavam reunir-se nas praças públicas nos dias santos, que eram muitos, e domingos para jogar capoeira e batucar. Era inevitável haver brigas inchadas de cachaça.

 A polícia tinha por função reprimir crimes contra a ordem pública dos quais a capoeira que era punida com duzentos açoites de chicote, agravado caso fosse portador de navalha.

À malandragem carioca juntou-se-lhe fujões, mulatos e pardos, filhos de capitães-do-mato em promiscuas relações. Houve  assentamentos por invasão com barracas nas encostas, originando as  favelas actuais como a de Vidigal e morro de Santa Teresa ou a floresta atlântica da Tijuca.

D João VI, tinha o costume de sair em passeio todas as tardes com uma pequena comitiva; havia um moleque que seguia à frente da comitiva conduzindo uma égua com dois alforges; um dos alforges levava a merenda que normalmente eram pedaços de frango assado e, do outro lado da besta pendia um saco com o penico real e apetrechos de resguardo para céu aberto, em caso de necessidade.

O rei levava também na algibeira de seu sobretudo “coxinhas de galinha” que lhe faziam regalo gastronómico, enquanto apreciava a paisagem , se inteirava das carências a diligenciar nas reuniões diárias que tinha com o intendência da polícia e sanidade.

A partir de 1818 em Portugal, havia frequentes contestações pela ausência do rei e as contestações culminaram com a exigência de sua volta por parte das cortes de concelho de estado  do regime monárquico, reunidas em fevereiro de 1821 em Évora.

D. João VI aventou a hipótese de seu filho D. Pedro assumir o reino em Portugal pois tudo indicava não ter vontade de regressar, mas D. Pedro foi irredutivel com um firme “ Eu Fico” a 9 de Janeiro de 1822.

A 26 de Abril de 1822, chorando de emoção largou do porto de Guanabara levando com ele as raspas do cofre do Banco do Brasil e o restante tesouro que com ele tinha chegado em 1808.

No cais da ribeira nas margens do Tejo, D. João VI só desceu para terra após ter aceite e assinado uma nova constituição liberal. Alguma coisa ficou da revolução Francesa mas, D. João VI  foi o único monarca que sem ser destronado, enganou Napoleão Bonaparte;  foi o que este disse pouco antes de falecer lá na ilha de Santa Helena.

D Pedro I, seu filho, ficou gerindo a crise financeira no novo Brasil; o “fico teso” é uma expresão que a partir daí ficou popular.

 

O Soba T´chingange

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 13:25
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds