Quinta-feira, 28 de Abril de 2011
KIANDA . III

{#emotions_dlg.xa}FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO
“DE CARIRI A JUAZEIRO” - Falar de Padre Cícero*

  SERTÃO NORDESTINO
Verso.7 : Nasci por amor, para que jamais duvides que te amo. (Lambert Nolen)
Kianda (Quimbundo de N´gola): Espírito, sereia, kalunga de contos africanos, miragem das águas, visão das lagoas

 "Paínho Ciço"
Antes de entrar nos detalhes da vida tormentosa do Padre Cícero, dos milagres das hóstias com sangue nas comunhões da beata Maria de Araújo, não reconhecidos pela Igreja, porque é do maior interesse saber do como era o Cariri. Vai-se desvendar suscintamente o que era aquela vasta área do sertão e montanhas de Araripe. Foi a tribo de índios selvagens Carirí, que vivia na base da cadeia de montanhas Araripe que deu o nome a esta região. Os Índios Carirís, extremamente belicosos agrupavam-se junto às margens dos muitos regatos do Vale do Carirí, alimentando-se de frutos selvagens e alguma caça. A norte da Serra de Araripe habitavam os Índios Cariús, nas margens do rio Salgado viviam os Calabaças e, no sertão viviam os Inhamuns. Todas estas tribos se degladiavam entre si não sendo descabido nesse então fazer-se grandes festanças canibalescas. Os primeiros povoadores civilizados foram bandeirantes aventureiros da bahia que chegaram ali na mira de cativar índios, buscar ouro e pedras preciosas internando-se a partir do rio São Francisco pelas terras do sesmeiro Paulo Afonso e Cabrobó.
 Índios Cariris
Narra a história que lá pelos anos de 1660 a 1662, invasores descendentes de Diogo Álvares Correia, o Caramuru para ali foram por solicitação de um escravo negro.  Este, tendo sido aprisionado pelos Cariris anos antes,  manteve  com estes um bom relacionamento. Num aperto de guerra com os inimigos Cariús, voluntarizou-se para pedir ajuda a seus amigos da Bahia o que veio a verificar-se por força das  descrições ótimistas feitas no intuito de receber um sinal positivo. Assim, os descendentes aventureiros de Caramuru, levados pelo negro amigo dos Cariris, conhecedor dos caminhos e potêncialidades, vieram a ser os primeiros povoadores do lugar do Juazeiro: o brigdeiro Bezerra Monteiro e seus descendentes.Os ancestrais do brigadeiro Bezerra eram em linha directa a décima descendência do casal Caramuru e Paraguaçu. A fundação de Juazeiro inicia-se com o casamento de Joana Bezerra de Menezes e o Capitão António Pinheiro Lôbo pais do brigadeiro Leandro Bezerra Monteiro, proprietários da fazenda " Taboleiro Grande" e, que deu origem à actual cidade de Juazeiro. Por ter a sua origem uma conotação com os próceres da história da América, do Brasil e Carirí do Ceará em particular, será importante rever a geneologia até à décima geração a partir daqueles. Tudo isto tem início com Diogo Álvares Correia, o Caramuru, e João Vaz da Costa Côrte Real, o percurssor de Colombo na descoberta da América.
 Caramuru
Ascendentes do Brigadeiro Leandro Bezerra Monteiro:
01 - Diogo Álvares Correia - Caramuru, casado com Catarina Álvares - Paraguaçu, pais de
02 - Apolonia Álvares - casada com João de Figueiredo Mascaranhas, pais de
03 - Gracia de Figueiredo - casada com Francisca de Barros, pais de
04 - Luiza de Barros - casada com Manoel Lôbo, pais de
05 - Francisco de Barros Lôbo - casado com Ana de Menezes, pais de
06 - Eusébia Teles de Menezes - casada com Miguel Álvares Campos, pais de
07 - Luiza Teles - casada com o Sargento-Mór António Pinheiro de Carvalho, pais de
08 - Sargento-Mór José Pinheiro Lôbo - casado com Perpétua mendonça, pais de
09 - Capitão António Pinheiro Lôbo - casado com Joana Bezerra de Menezes, pais de
10 - Brigadeiro Leandro Bezerra Monteiro - casada com Rosa Josefa do Sacramento.
 João Vaz da Côrte Real
Ascendentes de Rosa Josefa do Sacramento, esposa do Brigadeiro Leandro Bezerra Monteiro:
01 - João Vaz da Côrte Real - casado com Maria da Abarca, pais de
02 - Joana Côrte Real - casada com Guilherme Luiz Barrêto, pais de
03 - Egaz Moniz Barrêto - casada com Ana Soares, pais de
04 - Inês Barrêto - casada com Diogo da Rocha, pais de
05 - Mem de Sá - casado com Maria Barbosa, pais de
06 - Francisco da Rocha Sá - casado com Antónia Teles de Menezes, pais de
07 - Capitão-Mór Pedro Mariz Teles - casado com Joana de Menezes, pais de
08 - Capitão-Mór Gonçalo Tavares Menezes - casado c./ Josefa F. Andrade Mesquita, pais de
09 - Capitão-Mór Semeão Tels de Menezes - casado com Luiza Maria da Conceição, pais de
10 - Rosa Josefa do sacramento - casada com o Brigadeiro Leandro Bezerra Monteiro.

BIBLIOGRAFIA: Verdadeira históri de Juazeiro do Norte de Amália Xavier de Oliveira
Padre Cícero Romão Batista*: Ou Padim Ciço na versão popular, foi um sacerdote católico brasileiro, nascido no Crato de Cariri a 24 de Março de 1844, tendo falecido no Juazeiro do Norte a 20 de Junho de 1934.
(Continua...)
O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 02:01
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds