Quinta-feira, 6 de Setembro de 2012
CAFUFUTILA . XXV

AS TARTARUGAS DA MINHA PRAIA . Nordeste do Brasil

Por

 O Soba

Ainda não eram seis horas da manhã e já estava pisando a língua de areia comprida batida permanentemente pelas ondas da kalunga; enraivecidas de crista branca, enrolam na areia desmaiando bem aos meus pés. Em quatro quilómetros da praia dos corsários, vi quatro tartarugas que deram à costa mortas; a esta costa de fina areia mulata. Ao redor de cada carcaça, bandos de urubus destroçavam as partes vulneráveis. A visão das orbitas dos supostos olhos, escorrendo sangue, tornava a visão macabra entre saltos de urubus pretos degladiando seu pedaço de sobrevivência. Aqui, a cadeia alimentar é acelerada pelo comportamento desordenado do homem que deita ao mar sacos e toda a espécie de desperdícios enganadores a estes animais que depois de deglutirem tal lixo acabam por sucumbir antes do tempo; por indigestão, presas em redes ou por sacolas sufocantes. Se nos 8.000 quilómetros de costa  suceder esta visão, teremos pela regra três simples, umas 2.000 carcaças desventradas ao sol, dando alimento a esses limpadores de praia; um numero assustador!

 As tartarugas marinhas distribuem-se amplamente entre as bacias oceânicas, concentradas em regiões tropicais e subtropicais. Estudos sobre a Ecologia Reprodutiva desses animais indicam que o período de postura varia de acordo com a região e a espécie. No Brasil a temporada de desovas, de forma geral, vai de Setembro a Abril nas praias do continente e de Dezembro a Junho nas ilhas oceânicas. Apresentam maturação tardia e ciclo de vida longo, podendo demorar de 10 a 50 anos para atingirem a maturidade e voltarem à mesma praia de nascimento para reproduzir pela primeira vez. As tartarugas marinhas possuem um complexo ciclo de vida e utilizam uma grande área geográfica com múltiplos habitats. Sem distinguir qual das quais observei mortas na areia da praia dos corsários temos as espécies mais conhecida  

  Tartaruga Cabeçuda. Nome Científico: Caretta carettaÉ a que faz maior número de desovas no litoral e é também chamada de tartaruga mestiça. Mede aproximadamente um metro e pesa cerca de 150 quilos; suas mandíbulas poderosas permitem-lhe triturar as conchas e carapaças de moluscos e crustáceos. Desovam preferencialmente nas praias ao norte do Rio de Janeiro, especialmente as do Espírito Santo, Bahia e Sergipe.

  Tartaruga-de-pente. Nome Científico: Eretmochelys imbricata - Tem a carapaça formada por escamas marrom e amarelas, sobrepostas como as telhas de um telhado podendo medir até um metro de comprimento e pesar 150 quilos. Tem este nome porque era caçada para que seu casco fosse usado na fabricação de pentes e armações de óculos. Por isso é uma das mais ameaçadas de extinção. Alimenta-se de esponjas, peixes, caramujos e siris. Na forma juvenil ou semi-adulta é encontrada em todo o litoral do Nordeste, mas para desovar busca principalmente o litoral norte da Bahia e o de Sergipe.

 Tartaruga de couro ou gigante. Nome Científico: Dermochelys coriácea Pode medir até dois metros de comprimento de casco e pesar 700 quilos. De cor preta, com pontos brancos, tem o casco menos rígido que as outras, parecendo quase um couro. Tem grandes nadadeiras frontais, que lhe permitem nadar longas distâncias. Vive em alto-mar, aproximando-se do litoral apenas para desova, alimentando-se preferencialmente de águas-vivas. As pouquíssimas fêmeas, desovam somente no litoral do Espírito Santo.

  Tartaruga verde. Nome Científico:Chelonia mydas - Alimenta-se exclusivamente de algas. Também chamada de aruanã, esta tartaruga tem o casco castanho esverdeado ou acinzentado medindo cerca de 1,20m pesando em média 250 quilos. Para desovar prefere as ilhas oceânicas, como Fernando de Noronha, em Pernambuco, Atol das Rocas, no Rio Grande do Norte, e Trindade, no Espírito Santo.

 Tartaruga oliva. Nome Científico: Lepidochelys olivaceaÉ a menor de todas as tartarugas marinhas, medindo cerca de 60 centímetros e pesando em torno de 65 quilos. Sua carapaça é de cor cinza esverdeada. Alimenta-se de peixes, moluscos, crustáceos, principalmente camarões, e plantas aquáticas. No litoral de Sergipe existe hoje a maior concentração de indivíduos dessa espécie no Brasil.

Há preocupação quanto ao futuro dessas espécies. As principais ameaças à tartaruga marinha são a pesca acidental e a poluição nos mares. A ocupação desordenada da costa brasileira ameaça as áreas de desova e alimentação dessas espécies, comprometendo seu ciclo de vida. A tartaruga tem respiração pulmonar e precisa subir à superfície; assim, ela acaba morrendo quando fica presa em anzóis ou redes de pesca. O lixo jogado ao mar, principalmente o plástico, é confundido pela tartaruga como comida. O lixo que ela ingere acaba perfurando o sistema digestivo, causando obstipação. Um animal resgatado que ingeriu lixo, dificilmente sobreviverá. Este é um dos maiores problemas encontrados quando há encalhe de tartaruga marinhas no litoral brasileiro. As cinco espécies encontradas no Brasil que utilizam o litoral cearense como área de alimentação são: a tartaruga aruanã ou verde (Chelonia mydas), a cabeçuda ou mestiça (Caretta caretta), a tartaruga de couro ou gigante (Dermochelys coriacea), a tartaruga de pente (Eretmochelys imbricata) e a tartaruga oliva (Lepidochelys olivacea).

Gentileza do projecto TAMAR «ospiti.peacelink.it/zumbi/org/tamar/especie.html»

O Soba T´Chingange  



PUBLICADO POR kimbolagoa às 00:22
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds