Segunda-feira, 12 de Agosto de 2013
MOKANDA DO SOBA . XXXIV

“PARAÍSO SURREALISTA  -  O pássaro QUETZAL

Por

   T´Chingange

PÁSSARO QUETZAL

Entre o sereno esplendor do Céu, as convulsas trevas do purgatório e as chamas quentes do inferno jogava xadrez com o anjo Akasha. Havia ali naquele espaço balanças de todo o tipo, decimal, electrónica e digital e até de pratos que em circulo formavam um misto de mercado tipo persa e anfiteatro romano. Todas elas se destinavam a pesar as almas dos viventes. Lá mais por detrás, havia uns dinamómetros especiais para medir consciências; reparei que suas molas já estavam um pouco pasmadas e, logicamente disse para meus botões que a AZAI não tinha passado por aqui; estas destinavam-se a medir consciências tendo ao lado uns frascos tubulares do tipo pipeta para depósito de lágrimas; Ele, havia lágrimas de muitas cores e até fosforescentes. Os visitantes que não choravam eram encaminhados imediatamente para o inferno. Os que tinham lágrimas sentidas ficavam em estágio, como eu, jogando o tempo de diversas formas com os anjos, espíritos e guias celestiais.

  Estes guias usavam batinas com símbolos ou hieróglifos estranhos conforme suas especialidades de curar almas extraviadas, inconformadas ou simplesmente ridículas. De soslaio reparei que alguns destes personagens levavam uns bilhetinhos e não foi necessária nenhuma explicação suplementar para ver que aquilo eram cunhas de emissários terrestres; a corrupção também estava aqui instalada. Para as secções do paraíso só iam mesmo aquelas pessoas de quem os outros sentiam falta, a tão apregoada saudade ou ongweva levada aos céus pelos tugas e mwangolés. Os que careciam de fé, aguardavam num salão vendo filmes atrás de filmes escovando o templo ou testa com penas misteriosas. Diluíam seu orgulho com umas pequenas máquinas vibradoras-barra-purificadoras.

BEM ANTIGO...ESTÁ EM EVORA Sentia-se um eco de sombrias vozes vindas do teto muito parecido à capela sistina de Roma. Aquilo era mesmo grande, assim como uma estação de trens super gigante de onde saíam naves silenciosas movidas a gargarejos de água benta ofertadas nos séculos seculorum dos tempos mumificados. Podia ver em um outro extremo (havia infindáveis extremos) uns jornalistas entrevistando à última da hora, personagens que por destacadas figuras governamentais, tinham tratamento VIP; lavavam ali suas consciências em umas tinas grandes e gelatinosas. Tinham espasmos vulcânicos às mais pertinentes perguntas de triagem celestial. Era este um portal irrealista, diga-se de passagem. Despertei quando Akasha pronunciou o “xeque-mate”; Akasha apanhou-me o rei descuidadamente aturdido com um bispo pedófilo. Não estava previsto ser assim tão promíscuo fim.

Ilustrações de Costa Araujo Araujo

O Soba T´chingange          



PUBLICADO POR kimbolagoa às 15:40
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds