Terça-feira, 3 de Setembro de 2013
MOKANDA DO SOBA . XXXIX

 

“UM DIA COM KARMA  -  INOCÊNCIA E PERSISTÊNCIA AO VENTO SUÃO.

Por

   T´Chingange

 Despojado de receios acumulados e recordações inúteis acariciei a persistência até ela deixar de tremer. Para manter o corpo em forma e espírito desanuviado, esperança faz exercícios manuais ao jeito de kung-fu mas, comigo sussurra-me subtilidades com emaranhados sem preconceitos atravessando silêncios de um amor maduro. Perseguindo-me como um hipotético amante, e como uma sombra percorre-me com seus dedos obsessivos ao ponto de esfarrapar minha inocência. Perseverança e inocência, são ambas mulheres maduras que se queimam na areia e, na torreira do zénite do meio-dia em finais de Agosto e num lugar chamado de ferro-agudo.

 A persistência, amiudadamente, deitada de bruços, alonga seu curto bikini por modo a ficar torrada nas curvas ainda brancas; delicadamente ou disfarçadamente olha as pedras do pequeno molhe deliciando-se com o marulhar do mar feito espuma. Da torre da igreja com uma torre de sino e outra mocha e de barras tipicamente amareladas batem as doze badaladas num timbre ondulado; neste entretêm de tempo, meu fiel cão lança bafo quente nas minhas quinambas ou pernas salpicadas de areia como um croquete da iglo, assim a modos que a lembrar o pirata com gancho distribuindo iguarias aos pivetes, quem é que nunca viu este anúncio com uma caravela ondeando.

 A inocência, de curta e listrada canga ou tapa bunda, roda seu corpo na suavidade cálida do ar que sopra do sul e, ora abrindo ora fechando pernas de instantes a instantes acomoda seu puxo de cabelos rúbeos enquanto mordisca um longo cigarro. Usando sua própria dimensão num minúsculo espelho, de viés e num vira-vira de contraluz, massaja o rosto com um leitoso creme tipo nívea, isso, como aquele de botar nas pilinhas dos anjinhos. O hálito morno do seu aroma salino, conforma as migalhas do seu karma, assim como uma paixão exploratória às duzentas e umas maneiras de fazer amor. Para mim uma das três ou quatro maneiras já eram suficientes. Perseverança e inocência afinal, viviam em comunhão adquirida, à alguma tempo; aqui e, já no fim desta curta estória, pouco importa das suas fraternidades, Afinal eram fúfias, sapatonas mesmo! Que desperdício, sem catembe e com cazuza ou cacaugwita para curtir.

O Soba T´Chingange 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 07:44
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds