Quarta-feira, 11 de Setembro de 2013
T´XIPALA . XIX

MODÉSTIA RESTOLHADA . Parte da minha lenda . II

Por

soba.jpgT´Chingange    
T´XIPALA: - Fotografia, cara, rosto, personalidade, carácter    

E, surge amiudadamente a imagem de minha avó sentada no muro do adro da igreja de Barbeita, um lugar de largas vistas com Mangualde na encosta aonde à noite cintilam luzes de Seia, Nesprido Povelide, Fornos de Algodres e Folgozinho como pirilampos, restolhando em telhados com fungos na forma de chorões e caruma dos pinhais. Era nesse espaço aonde circulavam os lobisomens que perturbavam os namoricos de meu pai Manel Cabeças; das duas ou mais bruxas que namorou e que, sem o saber lhe colocavam os momentos em instantes intranquilos que acabaram por dar fugaz condição à minha existência.

 Tive de agarrar esses momentos de meu pai Manel para desvanecer confusões iluminadas e ilusórias do meu passado: Meu pai contava estórias de arrepiar a ponta dos cabelos com sangue à mistura ressuscitando ardências na moleirinha; afinal é tudo isto que me induz a escrever clarificações aos segredos da minha infância, minha identidade. Enquanto andei aprendendo o catecismo na igreja de Rio-de-Loba o medo corria atrás de mim na figura de um avaro comerciante com longos e retorcidos cornos em representação do diabo em um grande quadro; esta figura aterradora tinha um rabo enrolado que terminava na forma de chicote; a figura tentava agarrar um homem que debaixo da cama abraçava seu dinheiro havendo já muito espalhado pelo mukifo do purgatório.

 

 Através da escrita tento desesperadamente vencer tumores, agarrando momentos que o tempo desvanece em nebulosas coisas incompreendidas. Se não fosse pela minha avô que veio das lonjuras imensuráveis até os sombrios recantos do meu passado, teria de forjar com imaginação e, como cagadelas de mosca em fotos de flash, modelando ilusórias ficções de engravidadas noticias de coisas comezinhas transformando-as numa intrincada tapeçaria. Cada agora do passado, desapareceu em um sopro tornando a realidade efémera e, migrando para saudade, ongweva ou qualquer outro nome em uma qualquer latitude. Representando aquela velha foto, com incertos e difusos mistérios, identifico a minha própria lenda.

(Continua…)

O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 00:06
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds