Terça-feira, 5 de Maio de 2009
ALAMBAMENTO

 

 

    FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

OS TUPIS DO BRASIL E OS TUGAS

 

 Alambamento, é a actual união de facto entre homem e mulher que decidem por vontade própria ou seguindo costumes de seu povo, passam a fazer casa e procriar; em Angola há trocas de coisas para dar reconhecimento do acto; o noivo dá dinheiro, panos, ou gado para a família da esposa que passa a reconhece-lo como parte integrante da família.

Alambamento, no Brasil era designado no início do século XVI por escambo e não era mais que a união entre a mulher e homem que passava a pertencer à tribo; quase sempre a fusão de escambo era com várias mulheres. Com o surgimento do homem branco na costa Brasileira entre a tribo Tupi, uma das mulheres passava a ser a reconhecida como esposa conforme os hábitos levados da Europa

  Foto do Conde D´Angola

Corria o ano de 1532 quando Martim Afonso de Sousa, donatário de várias capitanias no Brasil, teve a feliz sorte de ter como quinhão a costa de São Vicente e, chegando ali naquela data, fundearam. Levados trés dias de reconhecimento ao longo da costa viram chegar até eles um numeroso grupo de índios; os portugueses já se preparavam para dar luta aos selvagens quando um índio se destaca do grupo dizendo chamar-se de João Ramalho, que havia vinte anos que já ali morava e, que dava garantias de paz se houvesse bom trato com os nativos, alguns já seus filhos.

Martim Afonso ao aceitar o trato daquele português nu, fez um grande negócio. João Ramalho veio a ser o Capitão-mor daquele lugar reservado para os portugueses, faixa estreita do litoral. Os índios podiam ter a sua vida normal, pescando ou caçando sem ser molestados pelos Tugas, novos senhores.

João Ramalho, conseguiu unir índias solteiras com os Tugas na forma de escambo que com o correr do tempo acabavam por se tornar meio índios pois adquiriam parte dos seus costumes na labuta diária aprendendo também a banhar-se com mais frequência por força do calor. O banho como regra de higiene não era levado a rigor na Europa e daqui poder entender-se que os melhores perfumes ainda são, os feitos em França, país que na idade média era dos mais desleixados em higiene pessoal. O uso do turibulo gigante na catedral de Santiago de Compostela na região de Galiza em Espanha era para despistar o mau cheiro sentido no meio de caminhantes que para ali peregrinavam.

O genuíno brasileiro nasce daquela fusão de branco e índio, os matutos. Só mais tarde, com a ida de escravos de Angola e de outras partes de áfrica, por necessidade de mão de obra se fazem as uniões entre pretos e índios, a que se veio a chamar de mamelucos.

As índias iam viver para as aldeias com seus novos pares adquirindo outras formas de entendimento e estar em tribo. A língua Tupi, por este acontecido passa a ser a fala dominante no Sul da colónia Brasil no século XVII.

João Ramalho e Caramuru, um outro português que perdeu a sua nau de regresso ao Puto, foram os percursores da Raça Brasileira; homens brancos que aderiram à vida nativa tornando-se lideres entre os demais. Foi a colonização mais humanizada que se conhece na globália.

No processo de relação com os índios de diferentes tribos que se degladiavam, nem tudo foi harmonioso como o comprova a morte do primeiro bispo do Brasil, Pero Afonso Sardinha que em 1556, após um naufrágio ao largo da foz do rio São Francisco, foi devorado com mais uns outros setenta náufragos pelos índios Aimorés. Comer o inimigo ou invasor, não era um acto de anormalidade entre índios. Estas pequenas nuances de práticas passadas, ainda são nos dias de hoje, um forte contributo para justificar diferentes formas de ver o crime, de compreender e diferenciar a maldade ou coisas de atrocidade, conceitos que se vão perpetuar entre povo diverso, leis e juristas.

O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 11:59
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds