Sábado, 23 de Maio de 2009
A DIÁSPORA CPLP – 1ª PARTE

E AS ANTIGAS COMPANHIAS DAS INDIAS     

     FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO 

Estava na praia sem a claridade excelente no pensamento. Cidadão do Mundo, ali na Praia chamada do Francês de Alagoas, relembrava fantasmas de piratas, ladrões de cocos, pau Brasil e um maná de coisas extraídas daquelas terras férteis.

Eram tempos em que a  Companhia das Índias Ocidentais furavam soberanias, na exploração de novas terras; nova França, Holanda e Inglaterra.

Numa encruzilhada de ideias vulgares, também eu, saido de Angola, iniciava um caminho de mudança. Cidadão do Mundo, estava na Praia alterando o quotidiano duma vida de permanente insatisfação.

Seria uma nova vida em terras de Vera Cruz.

Na fímbria daquela praia criava expectativas exasperando a mente, retesando o olhar para o mais longe que podia, muito para lá da espuma branca dos recifes, um sentimento de aflição igual à do governador daquela capitania de Alagoas em Janeiro de 1637.

Matias de Albuquerque, instituído dos poderes de governador de Pernambuco tinha estado ali a uns trezentos quilómetros mais a Norte, visionando as defesas de Olinda.

Na linha de horizonte, a frota composta de 26 navios comandadas por um tal Van Henderick  mantinha-se ao largo desesperadamente quieta.

   O BRASIL HOLANDÊS  DE 1630 A 1654

COMPANHIA DAS INDIAS OCIDENTAIS

 

João Maurício de Nassau, desembarcou, tomou Olinda naquele mês de Janeiro de 1637, fixou-se em Recife e foi ganhando terreno de escaramuça em escaramuça, até ao grande embate em Porto Calvo no estado de Alagoas. Queimou Olinda e mais tarde retomou ali, reconstruindo-a.

Por detrás de todas estas lutas pelo poder, estava a Companhia das Índias Ocidentais; os sefardins, primeiros israelitas descendentes dos judeus de Portugal, habilmente, dominavam o comércio, disseminados entre o povo, entendiam o holandês e o português. Não eram somente comerciantes, financiadores, correctores ou varejistas; eles tinham o verdadeiro controle das actividades embora actuassem de forma dissimulada para precaver um estado de permanente perseguição. Esta estratégia pontuou sempre o mundo dos negócios, desde a Cidade do Cabo até à ilha longínqua de Manhattan que persiste nos dias de hoje.

Queiramos ou não, foram as Companhias das Índias Ocidentais e Orientais que propalaram o estado mercantilista que veio a gerar a sociedade de consumo dos dias de hoje.

Mas, voltando àquele tempo, os espanhóis que eram enviados em ajuda de Matias de Albuquerque, voluntariavam-se para combater os Holandeses no intuito de ganhar dinheiro ou glória militar; A particularidade destes militares em relação aos Portugueses era a de que tratavam os nativos brasileiros ou assimilados, com desdém. Estes combatentes do domínio Holandês tinham além do mais como objectivo, levar vantagem num conflito em que não enxergavam amor  à pátria nem tão pouco lealdade. Estávamos no reinado de Filipe II.

 

:::::::::continua::::::::

Da lavra do Soba T´Chingange

 

 

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 22:37
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds