Quarta-feira, 3 de Junho de 2009
BRASIL E O CANGAÇO - XIII
FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

7 .4 – O ATAQUE A MOSSORÓ ... continuação

 

O mesmo emissário da mensagem levou a resposta para o bando dizendo ser uma importância muito elevada e que havia dois mil homens armados esperando os cangaceiros.

Lampião estava receoso porque Mossoró era terra com muita gente, tinha mais do que uma torre de igreja e isso era mau sinal, no entanto mandou um segundo emissário com novo bilhete para o prefeito por ele escrito, que dizia:


 

Cel. Rodolfo

Estando Eu até aqui pretendo dr., já foi um aviso, ahi p. O Sinhorio, si por acauso rezolver, mi, a mandar será a importança que aqui nós pede, Eu envito di entrada ahi porem não vindo esta importança Eu entrarei, ate ahi penço qui adeus querer Eu entro, e vai aver muito estrago por isso si vir o dr. Eu não entro, ahi mas nos resposte logo.

Cap. Lampião”


Ao portador disse que o prazo era até às 14 horas,... depois entrarei na cidade e aí não vai ter medida.

Chegada a hora o cangaceiro Mormaço tocou o clarim com toque de ataque e marcharam em galope para Mossoró. Seria uma vergonha voltar para trás de rabo entre as pernas e, embora assustado com o tamanho da cidade fizeram a investida de corpo fechado ás balas.

Esta ousada aventura de Lampião teve início às 4 horas da tarde e terminou uma hora depois.

Jararáca foi sumariamente morto no lugar de cemitério e, Colchete, na investida, levou um tiro certeiro na cabeça.

Lampião foi vitima de traição pelo mesmo mentor do assalto a Mossoró; o major Isaías Arruda entrou em contacto com o presidente do Estado José Moreira da Rocha prometendo entregar Virgulino vivo ou morto.   LAMPIÃO, O REI DO CANGAÇO

 

Após o ataque frustado a Mossoró, Lampião passou a ser mais perseguido que nunca em seu estado. Entretanto o corajoso Sabino, ferido de morte, rogou o tiro final a Lampião tendo sido morto por caridade por um companheiro voluntário depois de se lhe tapar a cabeça com um pano preto; previamente rezaram a sua morte.

Depois de algumas fugas milagrosas os sub-grupos do bando foram paulatinamente para suas próprias regiões; uns foram mortos, outros abandonaram o cangaço fugindo para outros sítios e, outros houve que se entregaram às autoridades.

O grupo acabou por ficar reduzido a ele, e mais cinco companheiros; com estes poucos homens atravessou o rio São Francisco e entrou no Estado da Bahia com os companheiros Vergilio, seu cunhado conhecido por Moderno, Ezequiel, seu irmão com o apelido de ponto fino, Luiz Pedro, compadre e homem de inteira confiança, Mariano que salvara o grupo todo do envenenamento na fazenda Ipoeira e por ultimo Mergulhão, sertanejo Pernambucano. Esta travessia foi feita entre as fazendas Surubabel e Penedo, perto de Rodela em Bahia.


Em 1930 num sítio de nome Almesca, a três léguas de Geremoabo foi palco de um dramático episódio nesta história do cangaço em terras baianas; Manuel Salina, constantemente dava com a língua nos dentes denunciando aos volantes de Geremoabo o local de coito do bando de Lampião. Sabendo disto Lampião avisou-o de que se continuasse com tal procedimento, iria sofrer forte represália; Manuel Salina segundo o linguajar de testemunhas, tinha brasas na língua e precisava falar para ventilar a boca; estes constantes alívios de boca larga num dia de folgada churrascada e fubá lá no seu sítio com amigos, teve a visita relâmpago do bando de Lampião. O resultado foi a morte imediata das visitas e de seguida amarraram Salinas a um de seus filhos a quem deram um tiro na nuca.

O morto filho fez cair o seu pai vivo. No meio de algazarra dantesca, os brutos repetiram a sequência macabra ao 2º e 3º filhos. A seguir vazaram-lhe um olho, arrancaram as unhas, partiram-lhe todos os dentes e cortaram os órgãos genitais; montaram o morto vivo Salinas num cavalo, levaram-no até à fazenda Bandeira aonde residia outro de seus filhos. Este foi obrigado a bater à porta; seu filho acudiu ao chamado deparando com a figura sangrenta, monstruosa de seu pai. Acto contínuo, pai e o 4º filho de nome Ulisses, sumariamente, foram abatidos a tiro.

Ulisses, não teve oportunidade de mostrar a bravura de seu nobre nome. Foi um dos episódios mais cruéis na história despiedada do cangaceiro Virgulino; por este facto, o nome de Lampião fazia tremer o mais ousado combatente do sertão.

( Continua....XIV )

O Soba T´Chingange

 


TAGS: , ,

PUBLICADO POR kimbolagoa às 16:51
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds