Segunda-feira, 22 de Junho de 2009
TANAJURA

 

 

Saúva é designação comum às formigas, especialmente as do género Atta, da família dos formicídeos, que conta com cerca de 200 espécies, nativas do Novo Mundo e abundantes na região neotropical. Elas cortam pedaços de folhas e carregam para os ninhos a fim de criar os fungos que constituem o seu alimento exclusivo. No Brasil, são uma das mais importantes pragas agrícolas.

São chamadas ainda, dentre outros nomes, de cabeçuda, caçapó, caiapó, carregadeira, cortadeira, formiga-cabeçuda, formiga-caiapó, formiga-carregadeira, formiga-cortadeira, formiga-da-roça, formiga-de-mandioca, formiga-de-nós, formiga-de-roça, formiga-saúva, lavradeira, manhuara, maniuara, picadeira e roceira.

As folhas e outras partes de plantas (tanto mono como dicotiledôneas) cortadas pelas saúvas são levadas para o formigueiro, para servirem de substrato para cultivar o fungo mutualista, do qual as formigas se alimentam. A nomenclatura deste fungo é controversa, recebendo diversos nomes como Leucoagaricus gongylophorus (este é o mais aceito atualmente), Leucocoprinus gongylophorus, Attamyces bromatificus, Pholota gongylophora (Moeller), dependendo do autor.

A içá ou tanajura, rainha das formigas, revoa em dias claros do começo da estação chuvosa, e, fecundada, inicia novo sauveiro. Traz no aparelho bucal uma bolota de fungo de seu formigueiro natal e a regurgita no novo sauveiro, irrigando-a depois com sua matéria fecal.

Cerca de 99% das içás não chegam a formar sauveiros maduros.

Controle natural

Em vôo, as içás são devoradas por pardais, andorinhas, sabiás e outras aves.

No sauveiro novo, são atacadas por tatus e insetos predadores.

Culinária (Somentes as Rainhas, Içá ou Tanajura)

Diversas espécies eram consumidas pelos índios brasileiro fritadas em salmoura e misturada com farofa. Essa tradição foi passado para os sertanejos e tropeiros, o qual ainda nos dias actuais não deixa a tradição ser exterminada.

Também no nordeste brasileiro, as tanajuras fazem parte de um cardápio exótico, sendo iguaria em mercados públicos como o de São José -Recife - PE.

Aperitivo de formiga: Espécie de formiga tanajura é uma fina iguaria da culinária cabocla, servida torrada e consumida como se fosse amendoim.

Considerada uma praga das lavouras, a formiga chegou a ser excomungada pela Igreja Católica

Quando o padre Anchieta chegou ao Brasil, um hábito curioso dos índios lhe chamou a atenção: em determinada época do ano, os nativos ficavam ansiosos para colher, aos saltos, 'frutos' que vinham do céu. Corriam alegres e enchiam vasos e mais vasos desse alimento que, torrado como amendoim, provocava verdadeiro deleite em toda a tribo e até nos homens brancos que o provavam. Os 'frutos', na verdade, eram formigas de abdómen avantajado, conhecidas por muitos como tanajuras ou içás. Segundo uma lenda indígena, foi uma cobra pequena quem ensinou aos índios consumir esse inseto. Certo dia, eles viram o réptil comendo a saúva, experimentaram e perceberam o quanto era gostoso.

De fato, o gosto da tanajura lembra muito o do camarão. No entanto, não é somente o sabor que faz desse inseto um prato bastante apreciado pelos índios e também pelos caboclos das regiões rurais do Brasil. A 'carne' da içá tem alto valor proteico. Segundo o biólogo Eraldo Medeiros Costa Neto, da Universidade Estadual de Feira de Santana, BA, as formigas da espécie Atta cephalotes, por exemplo, contém aproximadamente 44% de proteínas. Já a carne de frango e a de boi possuem 23% e 20%, respectivamente. Esses insectos são também ricos em sódio, potássio, ferro e cálcio. Além da Atta sexdens e da A. cephalotes, outras formigas bastante consumidas no país são: A. laevigata, A. bisphaerica, A. opacipes e A. capiguara.

Uma iguaria como essa tem seus diversos modos de preparo. Um deles, o mais comum, é torrar a formiga com óleo e sal como se fosse amendoim. Outra forma de preparar esse maná caboclo é separar as pernas, a cabeça, e misturar o abdômen com alho, farinha de mandioca e levar tudo ao fogo até formar uma paçoca. Em Santa Isabel, SP, há quem coloque tanajuras em garrafas com cachaça para deixar a bebida com gosto de mel.

 

 

 

 

Mas não são só o sabor e o valor nutritivo que fazem da içá um petisco importante na cadeia alimentar. Quando o homem colhe esse insecto na época da revoada está contribuindo para a diminuição do número de formigueiros. Mesmo assim, a cada duas mil fêmeas do sauveiro, apenas quatro conseguem montar uma nova sociedade. As demais são predadas por aves, aranhas, tamanduás e até por outras formigas da mesma espécie.

No sudeste do Brasil, a reprodução dessa formiga acontece entre os meses de Outubro e Dezembro, durante a primavera e o início do Verão. Em outras regiões do país, o acasalamento entre içás e bitus pode acontecer até Abril. Durante o voo nupcial, a fêmea recebe espermatozóides de até oito machos e os armazena em uma estrutura chamada espermateca, podendo gerar milhões de descendentes. Quando a tanajura retorna do voo nupcial, ela retira as asas e inicia um novo formigueiro.

Considerada uma praga na lavoura, tornou-se célebre na frase do naturalista francês Saint-Hilaire que disse: 'Ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil', e chegou até a ser excomungada pela Igreja Católica. Hoje, no entanto, conseguiu sua redenção no prato de alguns brasileiros.

JAMBA (por Terras de Vera Cruz)

 

 

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 00:21
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

3 comentários:
De sandro gomes a 14 de Março de 2010 às 20:27
gostaria de saber se é possivel a criação da formiga iça tanajura, em fundo de quintal de nossa casa ou até mesmo em cativeiro vc pode me diser???


De Florindo Silva a 24 de Outubro de 2010 às 15:17
Enquanto o Sandro quer criar saúvas , eu estou desesperado c/ umas queridinhas que, da noite p/ o dia, comeram todas as folhas da minha única videira.. Eu gostaria é que me ajudassem a eliminá-las. Já coloquei veneno, tipo isco, mas elas agradeceram, paparam-no e no mínimo ficaram mais gordinhas. Tenho que criar uma estratégia p/ que elas não voltem a atacar, mas ainda não sei como. Aceito todo o tipo de sugestões, inclusive napalm.


De carlos a 1 de Junho de 2011 às 14:36
Sim amigo é perfeitamente possivel, no youtube tem varios modelos de fazendas de formigas disponiveis... mas voce precisara primeiro da rainha e isso só acontece na epoca de setembro na região centro oeste do pais....

é um passatempo bem interessante eu recomendo. Sobre formigas como pragas eu discordo, isso tudo é culpa do desmatamento elas existem no planeta bem antes de nós e continuarão a existir na marra pois são muito mais fortes do que nós isso já é comprovado pela natureza. nada extermina as formigas daqui!


COMENTAR POST

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds