Quinta-feira, 23 de Julho de 2009
O KWANZA E OS TUGAS

FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

MEMÓRIAS PETREFICADAS – 2ª parte


 

TORRE EIFFELhttp://middlezonemusings.com/ah-paris-in-the-spring/PARIS

Aqueles m´fumos, eram emissários da rainha N´Zinga M´Bandi da Matamba e do rei do Kongo Garcia II que, embora sendo cristianizado pelos Portugueses, com eles se desentendeu após a chegada dos Olandêses pois que, estes lhes prometeram mundos e fundos. Eram preparativos duma união para fazerem o grande e final assalto a Massangano. Naquela fortaleza os Tugas resistiam aos Olandêses tapando-lhes as vias de comunicação ao mercado de escravos lá do interior, o mato de que estes Mafulos tinham tanto medo.

Os Mafulos, a todo o custo, queriam manter o negócio das peças m´bikas pois que Pernambuco estava carente de braços para fazer o cultivo da cana de açúcar e fazer andar os engenhos, por isto, mantinham com os Portugueses um quase pacto de negócio mantendo-os como principais fornecedores de peças. Eram as ordens que vinham do Conde Maurício de Nassau a partir de Olinda. A política comercial da Companhia das Índias Ocidentais... o lucro.

Interrogando-me de como era possível aquele velho manter-se tão lucido, agora, um pouco mais refeito da surpresa, resolvi perguntar-lhe como é que seu pai estando do lado dos Olandêses se dava tão bem com os Tugas ao qual, me deu resposta.

- Em verdade, o meu pai que já era tenente (isto já o tinha dito,... uma repetição admissível para um kota tão velho) para além de militar mantinha um negócio de venda, peles, mel, fabrico de cal e peixe seco em salga própria. Por tudo isto não via com bom jeito estrangular o negócio dos Tugas que como ele eram cristãos n´gwetas e parceiros já com algum tempo. Minha mãe N´ga Maria Káfutila de linhagem nobre do reino do Kongo ajudava meu pai na quinda do mercado da paliça vendendo malavo e quitoto ou permutando com os indígenas ou n´gwetas produtos da terra como ginguba e fuba de mandioca. A fuba originava um prato apetecível chamado de funge, um preparo a partir da mandioca. Mais tarde começaram a fazer uso das folhas do pau de mandioca que era passada por cinco fervuras para anular o veneno da coisa e a isto chamaram Saka-saka que impregnada de azeite de palma deu origem ao prato mais típico dos Kaluandas, a moamba. Foram os Portugueses que a levaram do Brasil mas além de tudo isto, havia espelhos, jinguba, catanas, tesouras, ancinhos em ferro e muitas outras bugigangas e utilidades modernas que chegavam do Puto, da Bahia, Pernambuco ou Antuérpia. Os Libongos, uns panos garridos eram os mais apetecidos pois permitia vestirem-se, uma coisa quase inusitada e a que os sobas recorreram como moeda de troca em substituição das conchas de n´zimbos, moeda já de pouca utilidade prática.

- Uma grande novidade era o uso de sapatos feitos em couro de tiras entrelaçadas, e que mereceu atenção especial por parte dos kamondongos alforriados que passaram a proteger seus gretados pés.

- Os Portugueses e Jagas dos Dembos, Kissama e Manhanga eram os principais clientes da família Pieter conferindo-nos um afecto especial de amizade

- No decorrer do tempo, fui ficando mais kota e meu pai ordenou-me que ficasse a tomar conta da salga e seca de peixe seco ajudando nas contas o capataz, cafuzo da Mazenga de nome Beto Feliz mas, um pouco matumbo. Os pescadores saíam nos n´dongos a pescar, dia sim dia não; apanhavam kimbijis, carapaus e caxuxos que eram depois escalados em mesas compridas feitas de paus espetados na areia e ligados com ataduras de mateba; depois passavam para umas celhas de salmoura aonde ficavam algum tempo sendo depois levadas em quindas para outras mesas aonde permaneciam ao sol até ficarem com alguma dureza. Após todo aquele processo, uma parte era posto à venda na loja da mãe Maria e uma outra, era enfardado com atilhos de mateba ou piteira e guardadas em uma casa até que os pombeiros e suas tropas o levassem. De tempos a tempos organizavam saídas ao mato formando filas enormes com m´bikas transportando à cabeça esses fardos pesados além de outras mercancias como panos libongos e aguardente do Puto a serem trocados por escravos.

......Continua – 3ªParte ......

O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 18:49
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds