Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009
BRASIL E O CANGAÇO – XVI

 

FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

 LAMPIÃO E SEU BANDO

 

8.2 – PROMISCUIDADE DO MANDO

                

Esta guerrilha para ter êxito da parte dos bandoleiros com sobrevivência garantida, tinha de ter necessariamente apoio e colaboração das populações e, em realidade tinham-na.

Dizia-se na época que: - “No sertão, do criminoso à autoridade e, desta, àquela, a distância é nenhuma”.

Cangaceiros, militares e forças policiais, confundem-se nos procedimentos; a descrição do comandante militar Optato Gueirós, por volta de 1915 dizia: - Somente quem está neste serviço militar pode fazer uma ideia precisa do que seja a oposição que encontram as tropas volantes dos que residem por esses matos; chegaram a negar-nos água, a mim e às praças.

Não é possível manter o moral em cima sem a colaboração dos habitantes e, por isso, o insucesso das muitas operações.

A promiscuidade do mando, era tal entre banditismo e políticos que a dois de Setembro de 1926, Lampião que invade a vila de Cabrobó, à frente de cento e cinquenta bandoleiros, sob toques de corneta e, em perfeita formação militar, hospeda-se na casa do perfeito municipal em cuja companhia e após o almoço, passa revista aos alunos da escola local, formados em sua honra.

Em 1926 a repressão ao banditismo pela força pública de Pernambuco compunha-se de 2590 homens regulares sendo 102 oficiais e 2489 praças, distribuídas por 3 batalhões de Infantaria, um regimento de Cavalaria, uma companhia de Metralhadoras e um corpo de Bombeiros, custando aos cofres da Federação a importância de 6.840.608 contos anuais.

A estes 2590 homens juntavam-se mais 500 voluntários, milícia organizada para defesa contra os rebeldes, totalizando assim 3090 homens.

Um terço do orçamento dos Estados do Nordeste era gasto na ordem pública e força policial, excedendo outro qualquer encargo social.                                                                                          

Com aquele apetrechamento grátis, Lampião entregou-se à elaboração dum plano audacioso que veio a concretizar no dia 13 de Junho de 1927 à cidade de Mossoró. Assim, Lampião, com 53 homens de vários outros grupos como o de Jararaca e Bom Deveras, deram efeito ao assalto à cidade de Mossoró, então designada como a capital do Oeste.

Após 45 minutos de fogo os cerca de 150 habitantes puseram em debandada as forças de Lampião. O seu maior plano fracassava; exigia 400 contos de reis ao prefeito Rodolfo Fernandes em resgate para que nada lhe acontecesse; se o pagamento fosse feito, a incursão ficaria sem efeito, mas, tal não aconteceu. A partir desse momento a estrela do bandido começa a perder brilho; dão-se tantas deserções que Lampião passa a contar somente com nove cabras.

 

8 . 3 – O ENGENHEIRO BRITÂNICO

                      

Em 1938 surge no agreste de Alagoas, perto de Geremoabo um engenheiro que em prospecção e pago por uma companhia de petróleos desbravava aqueles sítios da caatinga na busca de indícios de petróleo; o  aventureiro surgiu na picada em um ford conduzido por um matuto contratado por este afim de o levar até áquelas paragens; estava longe de supor encontrar-se com o destemido bandido e, eis que estando entretido a ver umas amostras de pedra, surge um bando seguido de piares constantes de um pássaro comum naquela zona.

Embora os piares fossem um pouco estranhos ao condutor do ford  esles continuaram entretidos vendo as pedras etiquetando as mesmas e eis que várias sombras invadem o círculo; são os pistoleiros de Lampião que após aquele primeiro contacto, surge Lampião que interroga as figuras de chofer e um geólogo Inglês.

O chofer  a mando do gringo que com medo fêz referência de que se Lampião forçasse o gringo ele passava a falar português, logo foi analizado com um traidor; este não suportava traições e, estando este às ordens de gringo, ao mudar de lado lado para salvar a pele pareceu-lhe muito mal. Sumáriamente levou um tiro ali mesmo na presença do gringo; a coisa estava feia para este.

Recolhido na tapera dum coiteiro o Capitão Virgulino escreveu um recado ao governador de Alagos a pedir quarenta contos pela liberdade do gringo.

O consulado dos serviços britânicos não concordou no pagamento do resgate pois que não negociavam com bandoleiros, nem terroristas e muito menos com bandidos daquela índole. Lampião ficou bravo e,decididiu que sangraria o gringo caso não cumprissem com tal exigência; o portador desta mensagem foi o sargento de Geremoabo que entretanto e depois de comunicar isto a Lampião este, confiscou-lhe  o colt parabellum que transportava.

Seguiram-se os dias com perseguições infrutiferas e num ataque de paludismo à Maria Bonita, o gringo curou-a com quinino que levava nos seus apetrexos de sobrevivência; isto vei-o a salvar-lhe a vida quando Lampião estava prestes a sangrá-lo na povoação de Piranhas; por imploração de Maria Bonita, este foi salvo, lançado-o ao rio São Francisco, vivo e pronto a iníciar outra aventura em um outro qualquer lugar da terra.

Ao mesmo tempo que mandava o gringo para a água, proveitando o facto de por ali estar uma charanga em excursão, Lampião exigiu fazer uma festança na forma de Xanchado impondo aos músicos tal actuação.

Lampião e seu grupo saiu de  Piranhas atravessando o rio velho Chico  para se  esconder em Angicos, uns quantos quilómetros mais a sul, do lago de Sérgipe, sítio pertença do seu amigo coronel Pedrosa, que ele considerava como um  lugar seguro.

( Continuação...XVII )

O Soba T´Chingange

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 21:31
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds