Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009
BRASIL E O CANGAÇO – XVII

FÁBRICA DE LETRAS DO KIMBO

            Ladainhas de Lampião

 

Lampião e Maria Bonita

 

9 – A EFICAZ REPRESSÃO AO BANDITISMO

 

A verdadeira repressão ao terrorismo tem início com Estácio Albuquerque Coimbra, novo chefe da polícia de Pernambuco que, estabelece novas directivas eliminando a logística de apoio a todos aqueles insurrectos em Pernambuco e nos estados limítrofes; eliminando a fronteira administrativa que era o grande factor impeditivo das autoridades, os bandoleiros saltavam de um para o outro lado, jogando com esse foro de autoridade político e reflexo administrativo de jurisdição. Combate assim, o crime com firmeza, prendendo os coiteiros; um a um iam sendo presos fazendeiros da Serra Talhada, comerciantes e, até o maior chefe político, o “coronel” Ângelo Lima.

A perversidade de uns e a covardia de outros degeneram na profusão de coiteiros ou protectores dos facínoras. Juízes e comissários de polícia, por indícios de corruptela foram transferidos.

Estácio de Albuquerque Coimbra foi verdadeiramente o primeiro bom exemplo de isenção na conduta política, afastando e rejeitando a lavagem de opinião, votos ou o descurar da correcta justiça e, assim, foi popularizado no sertão como o “executor da lei do Diabo”.

A incontestável eficácia das leis de Coimbra, levam Lampião em 1928 a fugir dali, seu estado natal, internando-se no sertão da Bahia com meia dúzia de cabras.

           

A partir do ataque frustrado a Mossoró, Lampião recolheu-se na caatinga fazendo diplomacia no arranjo de gente para o seu bando; houve tempo para recordar, tirar fotos e dar entrevistas a coberto dos seus novos coiteiros como os “coronéis” Petronilho de Alcântara Reis e João Sá de Jeremoabo e, ainda o fazendeiro João Maria de Carvalho de Serra Negra, todos da Bahia e, entre muitos mais fazendeiros o capitão médico do exército Eromildes Carvalho.

Decorridos oitenta anos após medidas drásticas de Estácio Coimbra, a vivência do Brasil ainda tem muito desses contornos promíscuos, em que os três poderes, Legislativo, Executivo e Judicial, andam conturbadamente de mãos dadas; É vulgar surgir a notícia de que um tal Juiz em disputa por um lugar de procurador encomende morte de um colega concorrente e notoriamente mais competente de currículo e postura; com a maior desfaçatez num mandonismo arrogante os “peixes grandes” fazem destas coisas nas três áreas de poder territorial cabendo aqui dizer-se que “viajar livremente e, dormir à margem dos caminhos, sem receio de ladrões e assassinos” é utopia; eles os maus da fita se, se danam, viram cães e, a troco de dinheiro, dão tiro até ao “Nosso Senhor”.

 

10 – ORDENAÇÕES, DECRETOS E ORAÇÕES DE LAMPIÃO

 

O capitão honorário Virgulino, vulgo Lampião, além de elaborar decretos, ordenações e recomendações também mandava aos fazendeiros cartas de amizade, de advertência, de encomenda ou cobrança. Para que se possa analisar o carácter e grau de conhecimentos literários, transcreve-se uma carta de cobrança datada de 1926, enviada a um tal de Senhor António:

 

Ilmo    Sr. António Mando

Estimo suas saudações com todos. O fim desta para lhe pedir dois contos di rs. Espero isto sem falta agora alarmi e não mande qui depois vae se sahir muito mal, resposta pello mesmo portador sem mais, não falti olhi  olhi

Capm  Virgulino Ferreira

                                 Vulgo Lampião

 

Uma outra carta é dirigida a um fazendeiro Alagoano, recomendação com foto no reverso e datada de 1937:

Amo.  Recebi sua emportança Qui mi mandou Um C. Vai mais este Retracto espero a outra. Em comenda. Peço-lhe para O Sr. Mandar-me fazer Um punhal de 3 pal-mos com u cabo. Porem, sendo bom, a folha istreita, do seu Amo as ordens

                                      Capm  Lampião 

                                              

Uma das orações de Lampião, ladainhas, fazia parte do seu espólio volante que lia com assiduidade para si e para seus homens; quando os lia para seus capangas obtinha destes nos fins da reza, os ámen, ámen, de cabeça baixa, de cócoras e chapéu recolhido á frente por respeito e veneração a todos os santos. No fim rezavam um Pai-Nosso, e três Ave-Marias.

 

( Continua... Orações de Lampiâo... XVIII )

O Soba T´Chingange

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 16:17
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds