Terça-feira, 9 de Abril de 2019
BOOKTIQUE DO LIVRO . XXII

- O PADRE CÍCERO - Na terra dos Cariris... 09.04.2019

Entender o Brasil por alturas de 1827 a 1856 

- Cada casa era um sítio de fandango, de saraus da breca feitas bodegas de cachaça com calor nos ânimos ainda por conhecer...
Entender o Brasil por alturas de 1827 a 1856 
Por 

soba15.jpg T´Chingange - No Nordeste brasileiro 
Livros em cima do criado mudo (mesa da cabeceira) 
1 - A minha Empregada - Editorial Estampa de - Maggie Gee 
2 - O ano em que Zumbi tomou o Rio - Quetzal - José E. Agualusa 
3 - O Último Ano em Luanda - ASA - Tiago Rebelo 
4 - BURLA EM ANGOLA – Burla em Portugal - Guerra e Paz – Susana Ferrador 
5 - História da riqueza de brasil – Estação Brasil – Jorge Caldeira 
6 - GLOBALIZAÇÃO de Joseph E. Stiglitz 
7 – VIDAS SECAS – Graciliano Ramos 8 - A viagem do Elefante – José Saramago – Da Caminho 
9 - O Livro dos Guerrilheiros de José Luandino vieira - Da Caminho 
10 -O CORTIÇO - Romance de Aluísio de Azevedo – IBEP – S. Paulo, Brasil. 
11 - O Romance “A Pedra do Reino” – José Olympio editores …Ariano Suassuma criar loja virtual. 
12 - O PADRE CÍCERO que eu conheci - Olimpica editora de Juazeiro - Amália Xavier de Oliveira. 

cazumbi0.jpg ::::::214
Juazeiro do Norte - Terra do Padre Cícero - "Uns doze graus abaixo da Linha Equinocial, aqui onde se encontra a Terra do Nordeste metida no Mar, mas entrando-se umas cinquenta léguas para o Sertão dos Cariris"... Construída a capelinha de Nossa Senhora das Dores, foi o padre Pedro Ribeiro nomeado seu Capelão, pelo Vigário do Crato, freguesia de Nossa Senhora da Penha, a que ficou pertencendo à capela de Juázeiro. 
:::::215
O padre Pedro era muito zeloso; cuidava dos poucos habitantes daquela aldeia, na maioria escravos de sua família, catequizando-os, ensinando-os a rezar e a trabalhar. Na época de inverno entregavam-se às fainas agrícolas; homens e mulheres iam para a roça empregando-se no cultivo de cereais variados, o milho, feijão, mandioca e algodão. 

CAFE5.jpg :::::216
Após a colheita, as mulheres ficavam em casa cuidando dos trabalhos domésticos e fiando algodão para tecer a roupa dos maridos e dos filhos ou delas mesmas, eram elas que costuravam à mão, pois que ainda não havia máquinas de costura.Hoje já não passamos sem o celular, o micro-ondas, a televisão ou um simples ferro de engomar mas, naquele tempo era tudo muito primário e, no entanto sempre nos queixamos da vida
:::::217
A felicidade é construída por cada um de nós nas pequenas virgulas do quotidiano. Com o desenvolvimento surgiram novas doenças e maneirismos com hábitos que enturvecem a cabeça dos mais velhos. Os homens dedicavam-se aos trabalhos das fazendas, alimentação do gado, da solta das rezes nos pastos, ordenha, vaquejada, desmancha de mandioca, caça ou pesca. 

booktique14.jpg :::::218
Os Coronéis davam ordens aos seu capatazes, seus jagunços de segurança, divertiam-se coleccionando donzelas na penumbra do aconchego sem querer dar nas vistas; no final era uma mistura de meios irmãos reclamando posses e edeceteras diferenciados. Nesse tempo eles era os advogados, os políticos, os Donos Daquilo Tudo. Um perfeito DDT.
:::::219
Todos ali aprendiam o catecismo, rezavam e trabalhavam orientados pelo Padre que não permitia a promiscuidade tão comum - o negócio gozado em realidade continua nos nossos dias mas, isto naquela altura era mais comum ou visível entre escravos e os senhores. Mas, ninguém via, ninguém escutava - eram tempos de muita penumbra porque ainda não havia jornalistas curiosos, nem reportagens de crimes, gráficos de simpatia e outras desavenças. 

booktique7.jpg :::::220
Mesmo sem haver tropa militar de carreira, já havia no civil, alferes, capitães, majores, coronéis e por aí. Tudo sem haver uma formal posse administrativa. Era o dinheiro que mandava. Nesse tempo, rico nunca ficava na prisão. E, vou-vos falar era foda ser pobre e preto, um fado que cantado faria chorar as pedras da calçada. Quando surgia uma escaramuça formavam os "volantes" - civis voluntários para eliminar os do "levante". 
:::::221
Mas, naquela altura, os padres não admitiam esse negócio de bebedeiras, de sambas e jogos com uso de armas. Isto era expressamente proibido. Só mesmo o coronel, o capitão ou o major da ordem dos abastados poderia usar uma arma. Quem estabelecia isso? Minino, cuida-te! - Eles estabeleciam, pintavam e bordavam; artistas completos! Também só assim poderia meter respeito. Os tempos eram outros; não havia essas frescuras de que é menor, de que é passado dos carretos. Ia prá choça e apodrecia por lá. Qual psicólogo e edeceteras de modernidade. Era o escambau! Topou! 

sacag4.jpg:::::222
Nesta atmosfera de muita paz e tranquilidade lá no ano de 1856, o Padre Pedro, cercado de muito respeito e amor, morreu. Deixou todos os seus escravos libertos e, na sua carta de alforria, apenas exigia uma condição: trabalharem sem recebe numerário todas as vezes que a Capelinha necessitasse de reparo. Não levou muito tempo a que os libertos sentissem o sabor da desobediência e degenerecência, entregando-se à folia. 
:::::223
Desacostumados, os negros libertos, entregaram-se ao vício porque é sempre o fruto proibido o mais apetecido e, daí, cada casa era um sítio de fandango, de saraus da breca feitas bodegas de cachaça com calor nos ânimos ainda por conhecer. Foi neste ambiente que chegou o Padre Cícero. Cada alpendre era um terreiro de samba, que terminava com pancada da braba, assim de "faca-fora". Senhores e escravos confundiam-se com as festas da mais criminosa criminalidade. Uma mais genuína concentração a comparar com os festivais modernos como Roque em Rio , ou Super Bok - Super rock ... e, outros sempre cheios de gente práfrentex...
O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 01:33
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
CONTADOR
contador free
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds