Domingo, 8 de Maio de 2016
KWANGIADES . XXVII

ANGOLA . TEOREMA DA SAUDADE - Confidências para amigos. Mokanda para o Luis….

 Por

vasco0.jpgVasco Antunes -  Ele transpira catinga da pura; está vacinado com paludismo de fina estirpe da Luua – Dá gosto ler suas prosas, suas poesias, sua memórias, que tem um pouco de cada um de nós…

vasco1.jpg O meu pai, com 40 anos de África, cujo percurso incluiu uma primeira jornada em Timor - pós-guerra como legionário - Moçambique, Angola, Cabo Verde, como passagens rápidas de abastecimento no transporte por mar mas que em cada um deles teve paragem significativa, colheu o suficiente para tirar conclusões definitivas acerca da sua condição de homem e de cidadão. Após o seu casamento, rápido demanda aquela que anteviu ser a pátria dos seus sonhos. Ao ponto de anos mais tarde eu perceber, pelas conversas veladas e sigilosas que ele tinha com alguns amigos e familiares, a atitude política mais consentânea seria a de Angola gerir os seus próprios destinos.

vasco2.jpg Criou, criou e voltou a criar em terras recônditas. A sua companheira viveu uma vida a seu lado, alcançando nós filhos uma perspectiva da terra seguindo a sua bondade, inteligência, respeito pelo próximo, achegamento às gentes autóctones. Um seu tio, militar de carreira havia sido eliminado pela polícia política do Estado, na Serra da Estrela, o seu pai, oficial de carreira combateu em terras do sul de Angola, nas campanhas do Cuamato, é dele um diário de bordo e de campanha, com medalhas de condecoração, e que deixou como legado ao seu filho, em que este lacrou algumas páginas justamente pelo facto de ser um militar contra a situação.

vasco3.jpg Eu nunca cheguei a ter direito a ler tais páginas, infelizmente nas voltas da vida tal obra desapareceu, com total pena minha e reprimenda da minha mãe aquando do empréstimo a um amigo que era caçador profissional e aparecia de vez em quando na roça. Estas considerações nunca as havia feito anteriormente. Já outro tanto referi que em 1958, apercebi-me, todos, minha família se congregavam a favor da eleição de H. Delgado para a Presidência, sabemos porquê. Era miúdo mas isso não me passou despercebido. Anos mais tarde, ocorreu a guerra e viu-os a eles pais, dilacerados com a destruição pura e simples do que estava e era direito.

kianda05.jpg Para todos os angolanos, continuarem e construírem a sua própria identidade. Pura ingenuidade. As forças do mundo, aquilo que coloca tudo às avessas de um momento para o outro fizeram obviamente efeito. Dizíamos, foram os ventos da História. Continuam a ser os ventos da História por este mundo fora. Um Portugal pequenino ficou à deriva, claro, perante tamanha (s) investida (s) e enormidade. Um bando de gente pseudo qualificada manejou um país, este, pobre, analfabeto, indigente há muito marginalizado e colocado nas franjas da ignorância. Viro a página.

kianda5.jpg Nós, LÁ, não estávamos assim. E hoje, sabe-se lá como, mas com nobreza e viabilidade, teríamos uma pátria diferente. Pura ingenuidade minha talvez, mas sempre, não tenho vergonha de o dizer, sangrei do coração. Naquela altura do começo da "coisa" do 25 de Abril, eu trabalhava já nos Serviços de Finanças, após uma breve passagem pela Faculdade de Direito, isso fez-me talvez quase soltar o grito do ipiranga imaginário, a ingenuidade de sempre levou-me a proferir "agora" é a nossa vez e vamos em frente, já era tempo, o meu chefe da Secção Pessoal só proferiu: "será? Não estaria tão certo".

maga1.jpg Fiquei a pensar, o homem era angolano, era mais velho, era mais sábio. Luís Magalhães, recuo às origens, falo dos mambos nossos, das falas caluandas nossas, adianto já lhe cantar um poema, capiangado de um irmão que tenho, de sangue, um poema dirigido a todos os nossos avilos da vida. Segue no parágrafo seguinte. Façam o favor de ler. "AMOR(ES) em LUA(LIS). É um livro de poesia. Do coração, Muxima Uami.

:::::

Queria imaginar uma avenida

de porto a porto, mestiça de voar

mil desejos e um olhar

vinda dos caminhos de ontem

aos amanhãs da vida

 

Queria dar-lhe um sol de Novembro

com arco-íris de um tropical Abril

numa chuvinha que o vento traz

por entre cheiros que o vento faz e desfaz

  

Queria beijar com passos o seu chão

ao compasso de um amigo que passa

passear entre calmas, dos seus meios

aos ladrilhos dos seus passeios...

cabo ledo2.jpg

Queria trazer-lhe dos tempos o fio a pavio

numa trova que o vento faça e desfaça

como se fosse um longínquo poeta

em voos de uma pomba de pio em pio ...

 

Queria ser maestro de um fado nosso

pauta de semba que podes e posso...

 

Mas dirás, amigo meu

que os portos dessa nossa estrada

estão sem tudo, são mais do nada...

que os contos que nos oram

são cantos negros como as nuvens

que choram

e vão chorar...

que nossos países são tão fáceis de magoar...

fiat1.jpg

 

Eu só queria, meu amigo

que pela estrada os cheiros trouxessem ventos

que os passos fossem vozes com ires e vires

mil vezes cúmplices, abrigo

de cada andar, atado a quem o ganhou...

 

Eu só queria um gesto no que sou

jeito morador dos tempos em que vais e vou...

 

Eu só queria imaginar uma avenida

da LUA a LIS

Em que um e outro fossemos contrapartida...

 

 Dirás, meu amigo

Que os meus olhos podem o céu

Mas que o olhar dos que podem

Olham seu próprio umbigo...

 

Sabemos, amigo meu

Que somos um amor que não se faz...

 

As escolhas do Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 12:15
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds