Domingo, 14 de Fevereiro de 2021
MALAMBAS . CCLIV

MOMENTOS CRITICOS - Boligrafando estórias na cor de “vamos que vamos, com urtigas”

Crónica 3114 - Nos intervalos da vida, durmo! 14.02.2021

MALAMBA: É a palavra.

Porsoba0.jpeg T´Chingange – No Al-Garb do M´Puto

urtiga3.jpg Dos guarda-chuvas da vida ocorrem saudades do passado com noites interrompidas a miúdo, gotejando a cada duas horas pedacinhos de máquina envelhecida. Os sonhos variados oscilam entre os pesadelos para os socorrer de alertas com posturas oleadas em velhos esqueletos, pois! Limpei o quintal sombrio do lado tardoz, uma parte muito cheia de urtigas; aproveitei assim tanta fartura a pensar fazer daqui uma sopa e um esparregado pelo que busquei na internet a forma de faze isto. Dito e feito mas, com luvas.

E, como tinha já três pequenos sargos a descongelar, achei que este pitéu ainda desconhecido seria uma boa ideia. Acrescento que neste sector posterior, a sombra é muita pois que o meu vizinho alemão Fritz Von Richthofen plantou árvores gigantes pelo que sua casa também tapa o sol do lado sul e, de uma forma mais drástica quando este vai baixo durante o inverno. Por verificação notei que só se dá ali batata-doce de verão e urtigas de inverno devido à grande humidade.

urtigas2.JPG Condicionado ao muro e alçados crescidos do meu lado Sul, vejo-me assim na contingência de aproveitar tanto as urtigas viçosas e a rama de batata-doce para fazer cozinhados, pois! Ter um jardim é a possibilidade de enfiar as luvas na terra para atenuar a prisão caseira por cautelosa do confinamento, revirar uns quantos caracóis e espezinhar lesmas para deleite das gralhas e charnecos que depois as vêm comer.

Charnecos que pululam aos pares grinfando e gralhas em bandos que grasnam entre o loureiro do carcamano Fritz e a manjedoura bem por debaixo da minha anoneira. Foi aí que situei uma gamela aonde coloco comida granulada para gatos. Bem ao lado tem um bebedouro e, assim sucede que gatos avulsos e alheios se habituaram a comer de borla por conta do meu erário. Um destes dias os passarocos de tanto comer granulado de gato, irão miar…Um espectáculo!

urtiga4.jpg Para além da bexiga nada mais me dói; hão-de vir dias melhores, creio! Apanhar a vacina lá para o mês de Julho na melhor das hipóteses e, depois, marcar passagem para o outro lado do Atlântico, visitar o Caminho de Moisés a norte de Maceió, percorrer a marginal Norte até poisar em Porto de Galinhas depois de admirar o mar esmeralda de Maragogi e, ou o azul das enseadas mais profundas. Por ali ficarei matando saudades, comendo sarapatel e caldinho de feijão com iguarias de cirí.

A maior ansiedade vem da necessidade de mudar de roupa sempre que se sai para ir fazer compra ou fazer outra qualquer tarefa, resvalar de lado na amizades oscilando um longínquo olá, originando afectos curtos em distanciamento na forma de baralhar um incerto futuro. Minha mulher retoma ao croché, faz bordados e tricotei-a o futuro; nos intervalos admira da janela o gato branco e o malhado, maldizendo o gatão branco que vem de mansinho roubar a comida gourmet na forma de espinhas  e molhos escalfados nas misturas de sobras.

urtigas1.JPG Começo a ler e, passada umas páginas já me esqueci do que ficou para trás, as coisas descontinuam, volto de novo relendo o debruço de vazios, podendo assim aferir a alma que se obtém do corpo. E, agora vamos ao trabalho das urtigas: Como planta urticante teremos de usar luvas para evitar o efeito urticante de suas folhas. Ela tem propriedades medicinais para além de ser comestível e, até de alto valor nutricional e culinário; a humilde urtiga está aí à nossa disposição, gratuita, neste ano em que a muita chuva permitiu o seu desenvolvimento pleno em belos exemplares que só esperam que os colhamos e os transformemos em iguaria, noé!

Ingredientes: Folhas de urtiga; Azeite; Alho; Farinha (maizena, ou fubá); Sal e pimenta; Vinagre ou sumo de limão. Preparação: Apesar de muitas técnicas retiram-se as plantas com folhas mais desenvolvidas e finas, de preferência antes de terem as inflorescências formadas. A única parte que se aproveita da urtiga, para fins culinários, é a folha, já que os caules são fibrosos; a primeira operação após a colheita será portanto separar as folhas dos caules, o que deverá fazer ainda com luvas. Lavam-se as folhas e escaldam-se de forma repentina em água a ferver temperada com sal.

urtiga5.jpg Esta operação provoca uma diminuição surpreendente e instantânea de volume (pelo que a colheita deverá ser grande), ficando as folhas escaldadas e escorridas e, inofensivas param a pele, podendo a partir de agora ser manuseadas e ingeridas sem qualquer problema. Esta primeira fervura rápida, dito “branqueamento”, remove também um travo a “chão” podendo usar-se para recheios, em sopas (como se de nabiças se tratasse) ou em esparregado que, é a forma em que a urtiga revela todas as suas potencialidades gastronómicas.

Depois de bem escorridas as folhas, corte-as fino, deixe escorrer mais um pouco e leve-as ao lume em azeite com alhos picados. Envolva bem, deixe cozinhar por um ou dois minutos e ligue então com uma colherinha de uma farinha ou fécula. Tempere com sal e pimenta e acabe com um golpe de vinagre ou sumo de limão. O esparregado tem um aspecto fantástico, semelhante ao esparregado de nabiças, o meu preferido. Bom! Comi e até que gostei…

O Soba T´Chingange    



PUBLICADO POR kimbolagoa às 22:20
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Setembro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

15
17
18

20
21
22
24
25

26
29
30


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
blogs SAPO
subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub