Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2016
MALAMBAS . CLVIII

CINZAS DO TEMPO – 28.12.2016Andamos com o credo na boca, motivo de causas alheias e à revelia da nossa vontade …

MALAMBA: É a palavra.

Por

soba15.jpg T´Chingange

Muitas das leis que nos regem são um logro. Diz o paradigma de nossa cultura que são necessários no mundo conturbado que nos cerca mas elas, as leis só são pensadas para quem as cumpre. Um estereótipo normal de cidadão é invariavelmente penalizado pelas leis que deveriam ser para todos. A doutora síndica do apartamento que tenho alugado em Maceió queixa-se de que há condóminos que têm seus pagamentos atrasados com um percentual elevado e, vê-se agora na contingência de a contragosto ter de lhes fazer uma dedução com o objectivo de executarem seus débitos.

amigo00.jpg Ela necessita desse dinheiro para cumprir obrigações de fim de ano. E, ela nem pode fechar-lhes o gás, a água ou a luz porque a lei brasileira não permite isso. Se o fizesse ela não se veria em palpos-de-aranha para pagar a quem deve. Para resolver o problema ou sobe a prestação do condomínio ou mete o faltoso em tribunal; este faltoso por norma aluga o apartamento e tem dinheiro, mas alega o inverso e, se levar isto a tribunal, o incumpridor vai pagar em prestações de cacaracá com inerentes gastos judiciais.

:::::

Os condóminos zelosos e cumpridores acabam sempre por ser sobrecarregados com esta falta de cidadania de alguns. É uma amarga verdade que origina repulsa dos demais. Vejo pelas notícias que o mesmo sucede a nível de países, estou a recordar Portugal que recentemente deu benesses de perdão a incumpridores do fisco, mas há mais na lista. E, há os bancos que falham em seus empreendimentos com a anuência do Banco Nacional que tem o dever de os fiscalizar; Claro que quem vai pagar a factura, é sempre o povão!

ÁFRICA3.jpg Esta tolerância está desvirtuando desde algum tempo a honorabilidade da sociedade, a ética dos cidadãos. Estas práticas baseiam-se em teorias por forma a moldar e modificar o mundo real beneficiando o infractor! Nestas engenharias financeiras existe uma ligação de dependência em fenómenos que são a “causa” de rebelião - injustas interpretações no mundo em que vivemos. Isto está muito mal!

:::::

As ciências sociais coligam factos e, a partir deles concluem teorias, porém esta visão é irrealista porque as teorias não provêm dos factos num caminho lógico. As teorias encontram seu suporte nos factos experimentais, mas isto terá de ser contestado porque elas, as teorias moldam e condicionam o nosso conhecimento desses factos! O carácter e a logica hoje, acabam por ser nefastos ao cidadão cumpridor.

ara3.jpg As hipóteses alternativas sempre suplantam as leis básicas do sistema constituindo-se benesses aos incumpridores; Um despacho não pode matar um acórdão e, nem um parecer pode ter a força de alterar um decreto. Esta ciência à cedência, não possui métodos seguros e universais para que todos reconheçam nela, validade. É notoriamente uma falácia, fraude ou roubo! Um disfarce feito remenda à consciência e constituição. Isto não pode ficar assim institucionalizado como se fosse coisa vulgar.

:::::

Há sempre um salto no desconhecido, uma quase instituição que torna convencional os princípios teóricos fingindo não pôr em causa o valor cognitivo da ciência; aqui as teorias operam sobre uma realidade não totalmente dedutível ao sujeito incumpridor. Demonstra-se assim que as leis e teorias podem e devem ser corroboradas pela experiência, mas nunca podem ser verificadas como “verdades absolutas”. Elas são uma fraude!

mess04.jpg As teorias só são “verdadeiras” até que se prove o contrário! Elas não podem ser eternas nem imutáveis. Elas têm num dado momento de morrer porque são injustas; não é racional dar galardões a ladrões! Nem a intrujões e outros que tais! Os defeitos deste modo de governar são óbvios e os seus erros, de grande gravidade incentivam ao descaso, ao despifarro, à astucia sempre maldosa, sub-reptícia de quem não cumpre retirando daí vantagem…

:::::

Diz-se: O crime não compensa. Será isto uma verdade!? A mente parece ficar possuída de um poder de visão simultaneamente a partir de diferentes pontos de vista. É como subir a uma árvore, a cada bifurcação há que escolher o ramo da direita ou da esquerda, realizando-se uma experiência para fazer a escolha apropriada.

arau5.jpg Por vezes ficamos emocionalmente ligados, o que impede ou dificulta um julgamento imparcial. Quando surgem assim pré-juízos, a mente rapidamente degenera-se num autoritarismo de parcialidade. Definitivamente quem não cumpre, não deve ser valorizado ou enaltecido. Deve sim, sofrer as consequências! Aos velhos será cruel deixá-los privados de respostas porque das muitas injustiças, pode sem se querer, saírem à luz do tempo feridas mortais.

O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 11:42
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds