Segunda-feira, 6 de Abril de 2015
MISSOSSO . XIII
UM CONE DE KAFUFUTILA No rio Mapunda, com o Bitacaia e quimbalas de noxas e de mirangolos....
A AVÓ MILOCAS ...  Nas bingas de Catumbela - 1ª de 2 Partes

Por

Dy0.jpgDy (Reis Vissapa, vulgo Dionísio de Sousa)

mira4.jpgSe havia algum culpado por eu ter arranjado uma terceira avó foi o Bitacáia e mais ninguém. O casal Pereira tinha deixado o litoral Lobitango no fim dos anos quarenta por razões de transferência e promoção, algo que acontecia no funcionalismo com uma certa assiduidade. Este novo marco na vida do meu progenitor, deu origem a uma alteração radical ao meu quotidiano. De um dia para o outro transitei das areias mornas da Praia do Lobito, concretamente praia do C.F.B. para os píncaros da Chela deixando para trás as vendedoras com quimbalas repletas de cadelinhas e corvinas, as imponentes casuarinas que namoravam o mar, as fabulosas marés vermelhas que faziam dar à costa toneladas de peixe, e os troncos de bimba empurrados pelas águas do Catumbela e que serviram de boia nas minhas primeiras braçadas de aprendiz.

 

mira1.jpg Também as enormes Garraths gemendo manobras nos carris que sulcavam as traseiras da nossa casa, trazendo o minério para o porto do Lobito, e as corridas até à ponta da restinga, acompanhando os grandes paquetes como o Mouzinho de Albuquerque e o Lourenço Marques ao entrarem na baía, que passavam tão rente que quase se lhes podia tocar com as mãos, tudo isso desapareceu do meu horizonte de menino, deixando-me acabrunhado e desolado num lugar chamado Mapunda. Não fora o Bitacáia, o meu trauma teria atingido proporções catastróficas. Substituir a imensa baía pejada de vapores onde os meus pais compravam chocolates nos cabeleireiros de bordo pelo rio Mapunda, quimbalas de noxas e de mirangolos e bagres de pele de veludo com bigodes, não foi pera doce, até ao dia em que conheci a avó Milocas com os seus carrapitos espetados, fazendo lembrar morros de Salalé numa colina.

 

mira2.jpg A estatura enganadora da Milocas era um terço de qualquer avó normal mas a sua genica ultrapassava o inimaginável. Solteirona inveterada tomara a seu cargo o quitandeiro Lucas Camate, órfão de pai e mãe e vulgo conhecido por Bitacáia. Este neto adoptivo calcorreava as ruas da cidade escoando as guloseimas que saíam do forno de lenha da avó Milocas e que faziam as delícias da garotada. Um dia explicou-me a razão da sua alcunha. Uma bitacáia alojara-se no pé e fizera um ninho tão grande que quase foi necessário a Milocas amputar-lhe o dedo grande para retirar aquela prole comichona deixando um buraco onde cabia um berlinde. O neto da Milocas nunca deixava o tabuleiro atingir o limite, e ficávamos sentados a contar histórias diversas, eu descrevendo-lhe o Catumbela e o dia em que os jacarés foram empurrados pela correnteza e deram à costa Atlântica e ele a falar-me das cheias do Mapunda que escavavam as margens junto à casa da avó quando das grandes chuvas. Nessas alturas sobravam sempre uns pacotes de quifufutila ou Paracuca, duas das muitas guloseimas confeccionadas pela Milocas, e que comíamos á sua revelia.

(Continua...)

MISSOSSO: Da literatura oral angolana, contos, adivinhas e provérbios com homens, monstros, kiandas de Cazumbi, animais e almas dialogando sobre a vida, filologia, religião tradicional e filosofia dos povos de dialecto quimbundu. Óscar Ribas foi o seu criador e percursor. Neles, há diálogos com espíritos, que falam, riem e até fazem pouco dos mortais, superstições e crendices que fazem parte da cultura dos povos Bantus…

As opções do soba T´Chingange

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 11:01
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
CONTADOR
contador free
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds