Segunda-feira, 21 de Março de 2016
MULUNGU . LI

NAS FRINCHAS DO TEMPO . Nas margens da lagoa Manguaba comi sarapatel... No Alentejo do M´Puto chama-se moleja…

Por

soba 01.jpgT´Chingange

sarapatel1.jpg No Baixo Alentejo, ligado à tradição da matança do porco, com o sangue e a cachola (fígado) faz-se um prato muito apreciado chamado de moleja. Aqui na lagoa Manguaba, a maior do estado de Alagoas no Brasil, tem o nome de sarapatel. Foi exactamente aqui que fui em Domingo de Ramos a recordar tal momento, quebrando meu raminho de árvore, o dedinho de Deus que calhou ser uma piteira. Pendurei-o por ali junto de meu boné de Maceió, naquele sítio humilde aonde havia galináceas à solta, granisés juntos com jumento e cria logo depois da cerca e, um pássaro chilreando a todo o momento, na sacada da tia Lucena, um cantar bonito de espantar, corrido e trinado.

sarapatel3.jpg Mas, quanto ao sarapatel da tia Lucena estava divinal! Sarapatel é uma designação comum de diversas iguarias preparadas com vísceras de porco, cabrito ou borrego. Nascido no Alto Alentejo de Portugal, o sarapatel foi adaptado ao Brasil vindo da culinária indo-portuguesa de Goa, Damão e Diu, outrora pertencentes ao Estado Português da Índia. É um alimento típico da culinária de Alagoas, Pernambuco, Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí. Normalmente o seu teor de gordura é bastante acentuado por causa da presença de pedaços de toucinho e da tripa mas, este que comi, quase nem tinha gordura.

sarapatel2.jpg Convém usar uma ou duas pimentas-de-cheiro inteiras e, no final acrescentar-lhe hortelã. Serve-se o prato acompanhado de farinha farofa ou arroz. Em substituição da hortelã pode usar-se folha de louro e no prato já servido, espremer uma rodela de limão. No Piauí, é preparado a partir da chamada "fressura" (conjunto de traqueia, pulmão, rins e fígado) de carneiro ou bode. Em verdade pode fazer-se isto tudo segundo o gosto apurado na experiência.

araujo19.jpgDiz alguma estória, que o sarapatel foi concebido pelos escravos que se serviam dos  restos das carnes menos nobres, desprezadas pelos senhores do engenho no período colonial mas, desta fantasia, não vem mal ao mundo!. Mergulhando-nos na raiz do passado no que concerne aos hábitos alimentares dos colonizadores, sabe-se que aquela versão não prevalece. Os portugueses mestres do forno e fogão são uma draga, comem de tudo; têm o talento de transformar tudo em algo bom para se comer. Aleluia!

valdir5.jpg Em verdade todo o brasileiro se apressa a se apossar das guloseimas dos colonizadores lusitanos mas, qualquer cristão jurará de joelhos que o sarapatel vem da moleja do Alentejo. Prato de resistência, de sustentação, hoje ele é património culinário do Nordeste. Por cá se diz, de peito feito, que homem que é homem, valente, não dispensa uma buchada, uma panelada de um bom sarapatel.

poconé3.jpgSem exageros: É comida rica, generosa, altamente nutritiva e calórica, pois é um guisado completo. Em Portugal, o sarapatel é preparado com as vísceras do cabrito ou do carneiro (borrego) que depois de limpas e fervidas, são fritas em banha e cozinhadas com quase todos os ingredientes e temperos. Além dos pulmões, fígado, coração ou outras vísceras, sangue cozido, banha, azeite, cebola, alho, tomate e temperado com louro, colorau, cravinho e cominhos. Este, também é o sarapatel nordestino!

kafu10.jpg Convém dizer neste correr de pena, o que é a fressura ou pacuera: um conjunto de entranhas (língua, traqueia, pulmão, fígado, coração e rins) de um animal, geralmente o porco, carneiro ou cabrito. Pois não é um material que, para muitas mestres de cozinha dê prazer em manipular sem repulsa ou enjoo. Também haverá que referir que na confecção do sarapatel, entra o sangue do animal abatido que é colocado no final da feitura. O sangue pode ser substituído por chouriço picadinho em cubos.

O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 12:03
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds