Quarta-feira, 10 de Abril de 2019
MULUNGU . LXII

TEMPOS CUSPILHADOS 
A GUIANA JÁ FOI PORTUGUESA - 09.04.2019
Mulungu: Pode ser árvore de grande porte com flores grandes e vermelhas e homem branco em língua Xhossa 
Por

soba15.jpg T´Chingange - No Nordeste brasileiro

caiena1.png Por aqui ando esticando os ossos, entre ave Marias encavalitadas de prefácios que se baralham mas, que logologo se esquecem. Em finais do século XVIII e inicio do XIX, a colónia francesa situada ao norte da América entre o Suriname e o Brasil, na fronteira com o Amapá, possuía uma população rarefeita, concentrada em Caiena, a Capital. Com uma economia esclavagista, era voltada para a produção de cana, um, café, algodão, canela e outras culturas tropicais.
:::::
Sendo um ponto de penetração francesa na Amazónia e litoral norte brasileiro, foi sempre alvo da acção diplomática portuguesa no sentido de garantir a fronteira ao longo do rio Oiapoque. O Tratado de Utrecht de 1713, proibia o comércio entre o Pará e essa região. Portugal mantinha-se atento por via de os franceses fazerem incursões de pirataria a fim de surripiarem madeiras nobres e fazerem candonga.

caiena2.jpg  Havia um comércio incipiente em que a Guiana exportava escravos e cavalos recebendo em troca farinha de trigo, vinhos e outros produtos da região. Este fraco comércio não resistiu ao processo revolucionário francês porque desde o anos de 1801, a conjuntura se tornou desfavorável a Portugal. Após a chegada da corte portuguesa ao Brasil, D. João VI decretou a invasão em Março de 1808, ou seja há 211 anos atrás. 
:::::
Não obstante Rodrigues de Sousa Coutinho se preocupar com Guiana, não foi suficiente para que o rei se desmobilizasse no vincular de sua atitude como uma declaração de guerra à França de Napoleão Bonaparte. Embora esta acção tivesse algum planeamento inglês, D. João VI manteve-se fiel a si mesmo sabendo que a pretensão inglesa era não permitir qualquer devaneio em se servir de Guiana para reconquista das Antilhas inglesas.

caiena3.jpg Assim, a 14 de Janeiro de 1809, Caiena foi ocupada por uma expedição anglo-lusa, maioritariamente com efectivos portugueses. A Corte portuguesa decidiu administrar este território como dependência do governo do estado do Pará. Foram nomeados: como comandantes das força - Manuel Marques como governador militar e, o intendente João Maciel da Costa para a justiça e Administração Civil, subordinado ao Capitão-Geral do Grão-Pará e Rio-Negro.
:::::
A Inglaterra desejava arrasar as fortificações francesas na região de Guiana para não poder ter modo de ser reutilizara pelos francos mas, os portugueses por ordem de D. João VI, como é dito em item 5, não o permitiram. 

caiena9.jpg  As consequências da invasão resultou na libertação de todos os escravos que aderiram à nova administração; as propriedades aonde ocorreu resistência foram queimadas e saqueadas; três naus francesas com suprimentos foram apreendidas e os bens dos ausentes sequestrados. Os moradores da Guiana continuaram regidos em suas relações civis pelo Código Napoleónico.
:::::
Foram preservados seus usos e costumes nunca tendo a Guiana sido declarada como parte integrante de Portugal.o Império Português. O Conde de Galveas da Corte indignou-se pela libertação de escravos mas, a maior preocupação de D. João VI era não onerar os cofres da Fazenda Real. 

pedras 002.jpg Pois recorde-se que para suprir o Banco Brasil de carências, vendeu avulso e por bom preço títulos de nobreza. Foi esta acção que deu maior consistência a tão grande país. Foi ali incentivada a importação de especiarias e da cana de Taiti que se passou a chamar de caiena - um jindungo, pimenta de especial qualidade utilizado para controlar a pressão arterial.
:::::
Ocorreu também o envio de mudas para os Jardins Botânicos do Rio, de S. Paulo e de Belém no Pará. Em 1814, com a queda de Napoleão estabeleceu-se pelo acordo de Paris, devolver a Guiana à França. Em 1817, por via de novas negociações e devoluções, foi efectivada a linha de fronteira definida pelo rio Oiapoque. 
O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 02:02
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
CONTADOR
contador free
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds