Quarta-feira, 25 de Junho de 2014
MUSSENDO . III

UM OUTRO DIA . No quatro de Junho, com Salazar de Santa Comba em Coimbra…

Por

 T´Chingange

 Junto ao Mondego e descendo para jusante com suas águas retidas, andando devagar devagarinho a condizer com um diazito de cadavez como Deus manda e, em consolo de boa idade, deparei com uma bizarra situação que me tem trazido encafifado dos pirolitos e, nem tenho dito isto a ninguém porque nem me iam acreditar, andamos envoltos em tantas mentiras que até ficamos encabulados para contar as sérias coisas que nos sucedem no dia-a-dia. Ali parado junto ao rio a moer o milongo da vida e remédios de chás benfazejos, transpirando brututo com graviola e ipé-roxo, deparo com um homem ou o vulto dele, andando ao redor daquele caixote em cortiça sem janelas e uma única porta vidrada chamado de pavilhão de Portugal.

  Era alguém que, muito provavelmente, andava matutando no sentido daquilo ali, como se fosse um relógio a marcar horas ou, ao encontro de uma melhor explicação pensei eu. E, já ia na terceira volta. Parava de vez em quando fazendo assim-assim com a cabeça para baixo e para cima e também para aos lados como estando altamente preocupado com aquela forma estranha de encaixotarem Portugal num isopor, coisa térmica, assim como para fazer perdurar património deteriorável. Mais de perto pude observar que o dito cujo, levava vestidas uma calças debotadas de cor indefinida num tom de uva rosé, polidas no rabo podia ver-se até um rasgão esfarelado em fiapos. Trazia um daqueles coletes que os caçadores usam, cheio de bolsos. A cor deste era de um descorado sinza com manchas que nada tinham a ver com qualquer conhecido camuflado. Este senhor com muita frequência levava as mãos aos bolsos inchados de supostas coisas valiosas, definitivamente este senhor carregava ali naqueles alforges a sua vida; talvez, algumas jóias para depositar ali no mausoléu de cortiça a representarem o equilátero das quinas ou os seus subsídios da Segurança Social.

    Eu, que também andava por ali enrijando meu doutoramento naquelas ruas muito polidas de sabedoria, pingando muxima do BI de meu corpo, resolvi seguir de longe aquele velho de cabelos grisalhos. Já na ponte de Santa Clara olhei para a cabra, empoleirada na saliente torre da universidade. Eu e a cabra da Universidade já temos uma familiaridade de tu-cá-tu-lá e em seu balir, esta garante que mandou-me um ofício de meu doutoramento mas, o certo é que o correio fez o favor de o extraviar. Sempre que a miro (a cabra) um sinal de mais se junta à minha cátedra da vida. Já muito de perto deste kota mais-velho começo a ver nela feições conhecidas. Mas não podia ser aquela pessoa em que pensava, o mesmo que escorregou numa casca de banana e ficou passado dos carretos; intrigado fui-me aproximando cada vez mais e eis que na entrada de Portugal dos pequenino, o sujeito, de um dos inchados bolsos tira um banco articulado, senta-se, e colocando seu chapéu bem á sua frente, endireita sua coluna recostando-se na frontaria.  

::::::

  Naquele pequenino Portugal, estava longe de imaginar, … aproximando-me para lhe ofertar uma moeda de um euro, surpresa das surpresas, o fulano era tão simplesmente o nosso forreta António de Oliveira Salazar. Ambos nos olhamos enternecidos! Quase inconscientemente sentei-me a seu lado e foi quando reparei suas lágrimas deslizarem nas fracturadas e defuntadas rugas caindo em minha camisola de alva brancura. Foi o presente mais original que recebi num dia de meu aniversário, quatro de Junho. Enquanto nestes dias de futebol, minhas sobrinhas se envolvem em recortadas bandeiras verde e vermelhas com esfera armilar enroscada ao pescoço, eu visto aquela flanela manchada de choro. E é, com a pena molhada no tinteiro de Camões, que vos escrevo este mussendo candidatado a criar mofo no meu baú. A vida é assim mesmo; de nódoa a mofo, depois musgo, um dia acaba terra! Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.

O Soba T´Chingange



PUBLICADO POR kimbolagoa às 00:29
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
15
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
CONTADOR
contador free
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds