Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2014
MUSSENDO . XI

ANGOLA . CHIBATA O CANHOTO E O MUKUANKALA PERNETA - de IV partes

Por

Dy.jpg Dy - Dionísio de Sousa  (Reis Vissapa) 

Cunene.jpgCom o andar dos tempos aprendi os diversos dialectos dos Bantos, uma raridade que ele dominava na perfeição e pacientemente, linguística ho! Kung que nem as etnias da região do Cunene e do Cubango entendem e muito menos falam. Aos setenta e dois o Aranha abandonou quase por completo a sua vida de caçador devido a uma miopia avançada e a uma saúde decrépita acabando por adoptar a nossa casa como lar permanente. Reservado como um cágado nunca nos falou de alguma família que algures tivesse e tanto eu como o papá nunca nos atrevemos a indagá-lo sobre tal assunto. Aproximando-se a passos largos os seus últimos dias contou-nos então uma história arrepiante.

cunene gente.jpg- No final do século dezanove com apenas dezasseis anos de idade e o vício da caça, aventurei-me pelas terras do Cubango com intuito de abater leões que ao que constava eram abundantes na região onde o rio Quatir desagua no Cubango. Tudo correu bem até ao dia em que me perdi naquele lugar desabitado e inóspito. Com a estação das chuvas o rio dilatou transformando-se numa jibóia gigantesca que me fez caminhar sem norte durante um mês. O pisteiro que me acompanhava um Muakahona com mais de dois metros de altura e desprovido do braço direito que conheci no Kuroca, desapareceu e nunca mais lhe coloquei a vista em cima.

curoca2.jpg Acabei por ser encontrado meio morto de febre, sem roupa e completamente estropiado por um clã de Mukuankalas que trataram de mim. Caçadores experientes e conhecedores dos segredos das florestas e dos desertos, decidi percorrer com eles numa vida nómada todo este território do sul de Angola durante sete anos. Cerca de um ano depois de me juntar ao grupo uma das Mukuankalas teve um filho meu. – Disse de supetão obviamente incomodado com o assunto. - Tanto eu como o meu pai abrimos os olhos de espanto perante tal confissão e após uma pausa o Cabral Aranha continuou. – Comecei a ensiná-lo a falar português e dei conta da rapidez com que ele aprendia a minha língua e quão exímio era na arte de perseguir a caça e a facilidade com que identificava raízes e frutos comestíveis.

Mussendo: Conto curto de raiz popular, missiva em forma de mokanda (carta) do Kimbundo de Angola (N´gola) durante o tempo colonial (Arnaldo Santos foi seu 1º mestre).

(Continua…)

Reis Vissapa

As ecolhas do Soba T´Chingenge

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 09:35
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds