Terça-feira, 16 de Dezembro de 2014
MUSSENDO . XIII

ANGOLA . LUANDA CHIBATA O CANHOTO E O MUKUANKALA PERNETA - 4ª de IV partes

Por

 Dy.jpg   Dy - Dionísio de Sousa  (Reis Vissapa) 

deserto 2.jpgAdmitido como cipaio num dos postos administrativos da região o Chibata gozava de total impunidade por parte das autoridades portuguesas tornando-se simultaneamente juiz e carrasco nas quezílias e disputas entre os povos da região. Movido por projectos de vingança que incluíam o abate puro e simples do desgraçado Perneta acabou por o avistar deitado de borco numa pequena duna já em região semi-desértica. Cerca de quinze metros para cá do lugar onde a sua presa se encontrava aparentemente exangue o Chibata viu o seu chicote de cavalo-marinho caído numa espécie de círculo de areia humedecida. O Aranha interrompeu de novo a sua história e entre o café e a aguardente chupou sofregamente a beata e pareceu-me notar numa fracção de segundos os seus olhos adquirirem o brilho inusitado de tempos idos, e em seguida continuou.

 dy23.jpg - O Chibata sem pensar duas vezes e transfigurado no pior dos predadores correu para o chicote e agarrou nele brandindo-o com uma raiva tresloucada. Nesse preciso momento sentiu o corpo gigantesco a começar a afundar-se na areia fina tolhendo-lhe os movimentos por completo, e foi então que viu o Mukuankala levantar-se tranquilamente amparado no seu bordão a contemplar o seu pânico e agonia irremediável, com toda a tranquilidade. Quando só parte da cabeça do Chibata e o coto do braço decepado se encontravam fora das areias movediças aproximou-se o suficiente e estendeu o pau de Ungoro que lhe servia de apoio ao miserável amputado que impossibilitado pelo seu defeito jamais o podia agarrar. Finalmente naquele deserto longínquo fez-se justiça. Quinze dias depois desta história inverosímil contada no ocaso da sua vida o velho Aranha faleceu tendo pedido antes para ser sepultado no Cambeno. Consta que vários clãs de bosquimanos, mukuankalas ou kamussekueles, seja lá qual for o nome que lhes queiram dar, visitam um determinado lugar para os lados do Iona onde exaltam o heroísmo de um Mukuankala conhecido como o Mestiço.

 

khoisan2.jpgEm meados dos anos cinquenta ainda exercendo a profissão de caçador tal como o Cabral Aranha o fizera no passado encontrava-me nas margens do Cubango na região do Calai onde à época não existia qualquer povoação digna desse nome, apenas kimbos dispersos até à N’Riquinha. Atravessei o Cubango numa tosca jangada construída sobre quatro tambores para fazer compras na povoação do Rundo, já em território do Sudoeste Africano. Um grupo de bosquimanos fizera acampamento sob uma enorme mulemba e chamou-me à atenção um deles de pele levemente mais clara e visivelmente mais alto que o resto do clã. Estava apoiado a um bordão colmatando a falta de uma perna. Dirigi-me a eles e surpreendi-os ao comunicar no seu dialecto ancestral. – Será que és tu o famoso Mukuankala “ O Mestiço”? Respondeu-me com meia dúzia de estalidos e uns sons guturais negando a sua origem. De regresso à jangada vi-o de costas viradas para mim.

destreza na caça.jpgVariados lenhos cicatrizados eram testemunhas mudas da história que o Aranha nos contara há longos anos atrás presumindo que o mestiço poderia ser o filho perdido na sua juventude. Nunca terei a confirmação das narrativas aventurosas do caçador mas tenho a certeza absoluta que os Khoisan foram os primitivos daquela parte de África, pré-históricos talvez. Partilharam a terra e a natureza em paz e amaram-na e se calhar ainda hoje a amam tal como eu. O chão africano não tem nem deve ter proprietários exclusivos deve ser de todos aqueles sem excepção que o veneram incondicionalmente e o sentem palpitar sob os pés.

Nota: Não foi possível sintetizar mais esta história. Se tiverem paciência para ler tudo bem, se não tiverem tudo bem na mesma. Justiça no deserto e a segregação que os "Bushmen" ou "Kamussequeles" ou mesmo "Mucankalas" sofreram por parte das outras etnias angolanas ao longo dos anos.

Reis Vissapa

As ecolhas do Soba T´Chingenge



PUBLICADO POR kimbolagoa às 08:39
LINK DO POST | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds