Quarta-feira, 25 de Maio de 2016
XICULULU . LXXV

NAS FRINCHAS DO TEMPO - Porque cada homem é um mundo, tem que ao tempo, dar-se tempo…

Por

t´chingange.jpeg T´Chingange

crúzios 2.jpg Andei uns dias por terras onde em tempos D. Manuel mandou publicar uma lei que permitia às gentes ficar com o “gado do vento” sem que lhes fosse imputada culpa de roubo. “O gado do vento hé do senhorio quando este se há perdido”. E, nesses tempos os senhorios eram os Crúzios, os frades afectos à igreja de Santa Cruz! A Paróquia de Santa Cruz situa-se praticamente no centro histórico da cidade de Coimbra e é uma das mais antigas de Portugal, pois os seus limites primitivos foram delimitados por Dom Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal, cujos restos mortais se encontram num mausoléu desta igreja.

cruzio3.png Uma marca distintiva dos Crúzios é a cruz vermelha e branca, usado no escapulário de seu hábito religioso. A designação refere-se à cruz e à espiritualidade da Ordem. A festa principal dos Crúzios era a Exaltação da Cruz reflectindo uma espiritualidade centrada na cruz triunfal de Cristo, o Senhor glorificado. Estes Crúzios tinham largas terras que iam desde Coimbra até o mar abrangendo as áreas de mato, as gândaras acima do rio Mondego, Montemor-o-Velho, Arazede, Amieiro, Cadima e Cantanhede.

cruzios11.jpg A igreja paroquial de Cadima, já existia em 1181, cujo concelho foi criado pelo Foral de 23 de Agosto de 1514, dado por D. Manuel I, em Lisboa. Sua antiguidade comprova-se pela existência da antiga freguesia de Nossa Senhora do Ó, pois as Igrejas hispano-visigóticas celebravam a festa da Expectação do Parto ou Santa Maria do Ó, por determinação do X Concílio de Toledo, no ano de 656. Os terrenos de Cadima e Tocha foram domínio do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, que entregava as terras como aforamento a rendeiros sob a sua jurisdição. Por vezes surgiam destroços de barcos, motivo de batalhas marítimas entre piratas; estes haveres eram recolhidos pelos rendeiros e também entregues ao seu Senhorio, os Crúzios. 

cruzios5.jpg Esta vasta região só teve desenvolvimento por via de plantações de milho grosso e batatas trazidas da América pelas novas descobertas de além-mar, terras dum novo mundo; novas sementes foram chegando dando engrandecimento à região. Mas, eis que um dia, narra a lenda que um fidalgo de nome João Garcia Bacelar, em uma das suas viagens pelas charnecas e gândaras muito extensas e desertas, chega à Quinta da Fonte Quente. Diz que vai ali construir uma capela por devoção a uma Nossa Senhora. Ajustando uma troca com o lavrador que ali rompia o mato solicitou ao Mosteiro de Santa Cruz, os Crúzios seus Senhorios, ali edificar uma ermida dedicada a Nossa Senhora D' Atocha.

cruzios9.jpg A estória fala dum tombo de morte que o Fidalgo Bacelar teria dado dum burro e, que já dado como finado por ter caído num precipício em Madrid, prometeu que se algum dia viesse a ser pessoa importante, edificaria uma ermida em honra da senhora que ele evocou no susto da queda. A essa Senhora vinda de Bizâncio, seu primitivo lugar de culto, deu origem a que para ali se dirigissem peregrinações de sesmeiros. Desde então, D´Atocha não parou de fazer muitos milagres! Essas grandes romarias deram oportunidade aos frades Crúzios, Senhorios daquelas gândaras de expandir sua fé. Assim surgiu a Tocha que hoje conhecemos como uma praia, ventosa, batida por ondas grandes, enraivecidas permanentemente.

cruzios0.jpg Os milagres da Santa fizeram crescer o culto da cruz e daqui concluir-se sua ligação com os Crúzios da Inglaterra medieval, também conhecidos como os frades Crutched (cruzados). Nossa Senhora D' Atocha, a mais antiga padroeira de Madrid, é uma imagem de Santa Maria Sentada com o Menino no braço esquerdo. As expressões "peregrinação" e "guerra santa” termo Cruzada surgiu porque seus participantes se consideravam soldados de Cristo, distinguidos pela cruz aposta em suas roupas. As Cruzadas de tempos anteriores eram também peregrinações, uma forma de pagamento a alguma promessa com luta contra os infiéis sarracenos, mouros, ou uma forma de pedir alguma graça, e também uma penitência. Os Crúzios surgem mais tarde mas com esta filosófica postura de devoção.

cruzios8.jpg Recordar aqui que a espada dos cruzados, antigos crúzios era uma cruz com uma lâmina alongada e, assim continuou a ser. Os cruzados levavam seu credo na ponta da lâmina, uma forma bizarra de impor a fé pela submissão ou medo. E, foi daqui de Santa Cruz de Coimbra que saíram os primeiros Crúzios para aquele novo mundo chamado de Brasil; Três Crúzios desembarcaram em Belém do Pará, em terras amazónicas, encontraram muitos desafios, incluindo doenças e a morte de um membro da comunidade. Perseverantes, fundaram a paróquia da Santa Cruz em Belém, e só em 1948 deram um passo significativo ao ir para o sudeste do Brasil.

cruzios12.jpg Fundaram comunidades e começaram a servir nas cidades de Juiz de Fora, Belo Horizonte, Campo Belo, Leopoldina, e Rio de Janeiro. Mas, foram os padres holandeses que mais deram seu testemunho de trabalho e dedicação ao povo brasileiro. Foram eles grandes evangelizadores e construtores de bons cidadãos, através de trabalhos sociais. Hoje depois de muitos anos de Brasil, os Crúzios estão presentes apenas em Campo Belo e Belo Horizonte. Desbravei por curiosidade, estes conhecimentos em terras também peregrinadas por mim nesta data e no ano de 2016

O Soba T´Chingange

 



PUBLICADO POR kimbolagoa às 22:41
LINK DO POST | ADICIONAR AOS FAVORITOS

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




RELOGIO
TEMPO
Weather Forecast | Weather Maps
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

18
19
22
23

24
25
26
27
28
29
30



MAIS SOBRE NÓS
QUEM SOMOS
Temos um Hino, uma Bandeira, uma moeda, temos constituição, temos nobres e plebeus, um soba, um cipaio-mor, um kimbanda e um comendador. Somos uma Instituição independente. As nossas fronteiras são a Globália. Procuramos alcançar as terras do nunca um conjunto de pessoas pertencentes a um reino de fantasia procurando corrrigir realidades do mundo que os rodeia. Neste reino de Manikongo há uma torre. È nesta torre do Zombo que arquivamos os sonhos e aspirações. Neste reino todos são distintos e distinguidos. Todos dão vivas á vida como verdadeiros escuteiros pois, todos se escutam. Se N´Zambi quiser vamos viver 333 anos. O Soba T'chingange
Facebook
Kimbolagoa Lagoa

Criar seu atalho
ARQUIVOS

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

TAGS

todas as tags

LINKS
PESQUISE NESTE BLOG
 
CAIXA MUSICAL
ONDE ESTÁS

Sign by Danasoft - Myspace Layouts and Signs

blogs SAPO
subscrever feeds